O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

Trajano de Moraes têm Centro de Atendimento de Educação Especializado

Atendimentos humanizados, que vão desde o contato com fonoaudióloga, psicóloga, psicopedagoga, professores alfabetizadores, entre outros. Esses acolhimentos acontecem todos os dias no espaço do Centro de Atendimento Educação Especializado Ueiderson Lourenço, no Centro de Trajano de Moraes, na Região Serrana do Rio.

Desde a implantação feita pela Prefeitura seguindo orientação do prefeito Rodrigo Viana, o espaço realiza uma média de 128 atendimentos por mês, que complementa e auxilia os trabalhos realizados nas salas de aulas da Rede Pública Municipal e Estadual.

Ao todo nove profissionais atuam em dois turnos no local levando ensinamentos e quatlidade de vida aos ‘aprendentes’. A informação é da Secretaria Municipal de Educação, atual gestora do espaço.

Segundo o coordenador do espaço, Eliandro Garcia – Sassá, os atendimentos contemplam ‘Aprendentes’ de localidade como Ponte Nova, Barra dos Passos, Visconde de Imbé, Serra das Almas, Maria Mendonça, Sodrelândia, Trajano de Moraes, Tapera, Arranchadouro e entre outros.

O espaço detém atualmente uma recepção, salas que vão do atendimento psicológico, psicopedagógico ao atendimento fonoaudiólogo.

“Trabalhamos com respeito, amor, inclusão e igualdade – esses são adjetivos que fazem parte dos trabalhos realizados pelos profissionais no local. Nosso objetivo é proporcionar melhores condições de acesso, participação e aprendizagem a crianças e jovens que tenham algum tipo de deficiência, transtorno global de desenvolvimento, autismo, transtorno de linguagem, entre outros”, explicou Eliandro Garcia – Sassá.

“Aqui é um espaço dotado de equipamentos, mobiliários e materiais didáticos pedagógicos para ofertar em Trajano um atendimento 100% aos alunos matriculados na rede regular de ensino do município. Nesta sala os profissionais de educação provêm condições de acesso a uma participação com todo cuidado. Essa é uma conquista para o município, além de ser um cumprimento do Plano Municipal de Educação que hoje corresponde à meta quatro”, concluiu.

Veja também