O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

Trecho que desabou com chuva preocupa moradores em Cantagalo

Entre dezembro e março é o período de chuvas volumosas no estado do Rio de Janeiro. E foi uma dessas chuvas que atingiu o município de Cantagalo, na Região Serrana do Rio, no dia 10 de janeiro deste ano.

Toda região acompanhou o desabamento de parte de uma rua ao lado do trecho urbano da RJ-160, na entrada do bairro Chácara da Banheira. O trecho – que já estava interditado há meses – cedeu e desmanchou parte de uma rua que faz contorno para o Centro de Cantagalo.

Recentemente, outros pedaços da rua e de uma calçada desabaram, gerando preocupação por parte de moradores da Chácara da Banheira e Vila Bela. Novas rachaduras apareceram no local e podem comprometer a passagem de veículos para os bairros e até no trecho urbano da RJ-160.

A área foi interditada desde outubro de 2021 devido a rachaduras na estrutura de contenção e ao afundamento da massa asfáltica. Em novembro, publicamos um artigo falando sobre a situação, onde na ocasião, a Secretaria de Obras informou que um projeto para a recuperação do local estava em fase de aprovação.

Nesta quinta-feira, 17/02, foi possível observar novas rachaduras na parte asfáltica que segue em direção ao trecho intacto da ponte. Novos pequenos desabamentos foram registrados e preocupa moradores. O trecho pode ceder ainda mais caso uma nova enchente venha atingir o município.

Em contato direto com o secretário de Defesa Civil do município, Tarcísio Ferreira nos informou acerca dessa situação e disse que um projeto está em fase de licitação.

“A natureza é imprevisível. Mas a gente está monitorando constantemente o local. Analisamos as cabeceiras da ponte e não têm riscos nela. Reforçamos recentemente o isolamento da área e um projeto já está em fase de licitação para recuperar o local” – informou o chefe da pasta.

Cantagalo registra mais de 438 milímetros de chuva em 96 horas

Veja também
error: Content is protected !!