Caminhoneiro agredido por policiais presta depoimento em Itaocara

Caminhoneiro agredido por policiais presta depoimento e PMs são afastados das ruas

O caminhoneiro que foi agredido por dois policiais militares no último sábado (04/07) no distrito de Laranjais, em Itaocara, no Noroeste Fluminense, prestou depoimento na 135ª Delegacia Legal. Os dois PMs foram afastados das ruas e vão trabalhar internamente.

O afastamento dos policiais foi informado pela assessoria da Polícia Militar. A corporação disse que a corregedoria interna da PM abriu um procedimento para apurar as circunstâncias do fato. A agressão foi registrada em vídeo e o motorista, de 29 anos, contou que precisou conversar com o filho de 9 anos ao ser visto chegando em casa todo machucado.

Agressão

O caminhoneiro conta que as agressões começaram após ele ter desviado de um remendo (buraco mal tapado) na rodovia. Ele disse que ao passar pelo trecho ruim, para desviar das irregularidades no asfalto, seguiu pelo meio da rodovia e com a seta ligada para identificar, voltando para sua faixa ao acabar os buracos.

A vítima contou que um carro de passeio pareou com o caminhão, sem que ele entendesse o que o passageiro do carro falava. Foi quando o carro acelerou e ficou à frente do caminhão dando freadas, ainda segundo o caminhoneiro. Ele disse que viu quando o carona colocou o corpo para fora do carro e atirou para o alto. Ele conseguiu ultrapassar o carro, mas depois foi novamente ultrapassado pelo veículo.

Caminhoneiro agredido por policiais em Laranjais, Itaocara RJ

O caminhoneiro conta ainda que os dois homens atravessaram o carro na pista, e desceram com as armas nas mãos. Mas ele, mais uma vez, desviou dos homens armados, porém, foi novamente ultrapassado. Ele disse que só decidiu parar o veículo ao ver uma viatura da PM, por achar que estaria seguro, mas, em vez disso, acabou levando chutes, socos, tapas, além de uma coronhada.

As agressões aconteceram próximo ao distrito de Laranjais, e tudo foi gravado por uma pessoa que se indignou ao ver o caminhoneiro sendo agredido por policiais militares. O vídeo foi compartilhado e viralizou nas redes sociais. De acordo com o delegado responsável pelas investigações, Dr. Rodrigo Maia, titular da 135ª DP de Itaocara, a vítima confirmou as agressões, e que além do caminhoneiro, uma testemunha também foi ouvida.

Truculência da PM

Excesso de força. Truculência nas abordagens. Abuso de autoridade. Se antes os casos de agressões em abordagens policiais tomavam notoriedade somente nos grandes centros, de uns tempos para cá, essa onda atinge o interior do estado do Rio de Janeiro.

Muitas tem sido ultimamente as indignações da população quanto aos mais variados tipos de abordagens da Polícia Militar do Rio de Janeiro. Alguns casos são registrados e, através da mídia, chega ao conhecimento de autoridades maiores e também a vista da população. Mas, a maioria dos casos, continuam acontecendo sem registros e sem punição.

No final de maio, um trabalhador foi agredido por policiais em Cantagalo, na Região Serrana. Pois um vídeo que chegou à redação do Serra News, mostra um policial desferindo um soco no rosto de um rapaz no bairro São José e sua esposa filmou tudo. Não contentes ao perceber que estavam sendo filmados, os policiais mandam apagar o vídeo e, um deles, parte pra cima da mulher.

O caso ocorreu na Rua Nair Jacinta. O vídeo mostra o rapaz sendo imobilizado e levando um soco no rosto já no chão, enquanto sua mãe tentava protege-lo da ação. De acordo com a esposa do rapaz, ele foi agredido em frente das filhas após reclamar que a viatura da Polícia Militar estava passando em alta velocidade na rua que não possui calçada e tem muita movimentação de crianças.

Truculência da PM no interior do RJ gera indignação na internet

Serra News

Serra News

O melhor portal de notícias da Região Serrana do Rio de Janeiro.