Artesã transforma folhas em obra de arte, através de bordado manual

Artesã transforma folhas em obra de arte, através de bordado manual

Todos os dias, nos deparamos com milhares de folhas caídas ao chão, nas ruas das cidades que moramos, é um processo natural de renovação das árvores. Algumas dessas folhas se decompõem na natureza de forma gradual, outras viram adubo para novas plantas e assim o ciclo continua. Mas, você já parou para pensar, que é possível produzir algo novo através das folhas?

E, assim começamos a falar da nossa entrevistada, que mora no Sul do país, onde as temperaturas são congelantes, e as inúmeras belezas naturais atraem milhares de turistas anualmente.

Com apenas 21 anos, a estudante de biologia Laura Dalla Vecchia, moradora de Guaratuba, litoral do Paraná, ficou conhecida nacionalmente pelo trabalho de bordado artesanal, que faz, através de folhas caídas que recolhe pelas ruas e praças de Curitiba.

Laura é filha de artesã, e aprendeu através do convívio diário com a sua maior professora e nas feiras de artesanato de Guaratuba, como transformar materiais orgânicos, em arte.

1594996387865076

Segundo ela, a arte sempre caminhou lado a lado ao seu crescimento e desde muito cedo ela se apaixonou pelo trabalho artesanal em família. “Junto com minha mãe, comecei trabalhando com biojoias e, a partir disso, criei interesse pelo uso de elementos naturais. Fui incentivada desde pequena a desenvolver trabalhos manuais com conchas, sementes, fibras, etc. Para isso, foi necessário aprender a observar a natureza e o tempo de maturação das coisas”, destaca.

Laura cursa biologia, na Universidade Federal do Paraná (UFPR), e através de muito estudo e do amor pelos animais, ela utiliza a técnica do bordado para unir suas paixões, reverenciar e retratar as aves brasileiras em folhas secas.

A ideia de transformar folhas em arte aconteceu através da Tia, que presenteou a mãe dela, com uma folha bordada com flores e a partir daí ela tentou reproduzir bordando pássaros. Após estudar a melhor forma de trabalhar com folhas e após alguns testes, ela bordou a sua primeira folha e despretensiosamente, postou na sua rede social e o sucesso foi tanto, que ela viu uma demanda para essa nova linha de trabalho.

1594995902594640

Cada bordado envolve uma pesquisa e são muitos detalhes para a elaboração do bordado, que começa pela coleta das folhas, que ela recolhe pelas ruas da cidade. Depois disso, é necessária a escolha da ave e o estudo dela, cada detalhe é importante e único na composição.

Laura, além de reciclar as folhas, retrata através do seu trabalho a natureza, que tem sofrido a cada dia com a extinção de suas espécies. Ela destaca, que grande parte dos pedidos que recebe são de espécies que remetem uma memória afetiva, como o passarinho bem-te-vi ou o sabiá-laranjeira. Há também a procura por espécies ameaçadas de extinção, como o soldadinho-do-araripe, a ararajuba e o papa-moscas-do-campo.

Obra de arte bordada em uma folha de pata de vaca

O soldadinho-do-araripe é uma das 190 aves globalmente ameaçadas de extinção e atualmente classificada como, Criticamente em Perigo de desaparecer do mundo, devido à perda de seu habitat, provocada pelo desmatamento e pela degradação de mananciais. Estima-se que existam menos de 800 indivíduos na natureza.

Atualmente, Laura recebe encomendas de todo o Brasil, como esse, do soldadinho-do-araripe, solicitada por um cliente do Ceará. A espécie ameaçada é típica do estado.

Com o sucesso das peças, Laura ganhou muitos admiradores, apaixonados pela leveza do seu trabalho e a delicadeza em cada peça. São quase 10 mil seguidores no Instagram, através do perfil @levezaart. Ela destaca que trabalhar com folhas e elementos da natureza tem um significado especial e gratificante, já que através do bordado pode eternizar essas aves.

Vale a pena conferir esse trabalho e se apaixonar pelas peças do Sul que tem ganhado o Brasil e nos mostra que podemos ter um pedacinho da natureza em casa, sem desmatar e degradar o meio ambiente.

Após estudar a melhor forma de trabalhar com folhas e após alguns testes, ela bordou a sua primeira folha

 

Ingrid Joia

Ingrid Joia

Jornalista e colunista social do portal Serra News.