Gavião-carrapateiro (Milvago chimachima)

Gavião-carrapateiro (Milvago chimachima) | Gabriel Monnerat

Classificação Científica:
Reino:  Animalia
Filo:  Chordata
Classe: Aves
Ordem:  Falconiformes
Família:  Falconidae,  Leach, 1820
Espécie: M. chimachima
Nome Científico: Milvago chimachima (Vieillot, 1816)
Nome em Inglês: Yellow-headed Caracara
Estado de Conservação: Pouco Preocupante

Hoje falaremos sobre um dos mais conhecidos rapinantes do Brasil: o gavião-carrapateiro (Milvago chimachima), que  é muito comum em nossa região, sendo às vezes o mais avistado em alguns locais. Fato que se deve, por ser bem adaptado ao ambiente urbano.

Esta espécie possui coloração branca-amarelada, variando entre subespécies, para mais amarelo ou mais brancos. Com listra ocular negra e pele nua dos olhos até o bico, em tons alaranjados nos machos e róseas nas fêmeas. Varia de 36 a 40 centímetros, com envergadura de 74cm,. O peso do macho varia entre 277 e 335 gramas, e o da fêmea entre 307 e 364 gramas.

Eles habitam áreas abertas, de pastagem, altitude, áreas de gado, equino e áreas urbanas. É comum ver esta ave coletando carrapatos de capivaras, já que elas são grandes hospedeiros deles. Ocorrem da América Central ao norte do Uruguai e da Argentina e em todo o território brasileiro. Pode ser visto no chão, andando por pastos.

carrapateiro WA3498726

Seu nome, carrapateiro vem do habito que este rapinante possui que é de pousar em cima de animais, capivaras, cavalos, bois etc, para a coleta de carrapatos, bernes e outros parasitas, que fazem parte de sua dieta, esta composta também por anuros e répteis. Outra característica, é que como é predador, sofre frequentemente ataques de outras aves menores, como suiriri, bem-te-vi, chupim, Garibaldi entre outras, que a espantam, pois é visto como ameaça.

Esta foto de capa foi realizada em Conceição do Ibitipoca, Lima Duarte-MG, onde a espécie é de ocorrência comum. A outra foto, foi realizada no Município de Cordeiro-RJ, onde mostra um individuo sobre um cavalo, alimentando-se.

Como o gavião-carrapateiro (Milvago chimachima) é facilmente adaptado a regiões vizinhas a áreas urbanas, e até mesmo urbanas, é bastante observado em todo território nacional, não sendo considerado ameaçado e de fácil adaptação, inclusive até em certa altitude. Mas para sua preservação, é importante a conservação de vegetação e matas, apesar de também  viver em áreas abertas.

Veja mais no meu Instagram e Wikiaves.

Gabriel Monnerat

Gabriel Monnerat

Geógrafo e fotógrafo da natureza com enfase em aves.