O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

Mãe denuncia que criança tenha sido estuprada em creche de Cantagalo

Um caso muito sério envolve o nome da Creche Municipal Prefeito Geraldo Pires Guimarães, no bairro São José, em Cantagalo (RJ). Na noite de quarta-feira (5/6), a mãe de uma criança abriu um Registro de Ocorrência na 153ª Delegacia Legal relatando que sua filha teria sido estuprada na unidade.

Detalhes sobre o caso ainda não foram revelados. O Conselho Tutelar acompanha a situação. Um exame de corpo de delito foi feito para investigar fragmentos do suposto ato. Outras informações extraoficiais apontam que o caso teria ocorrido em casa.

Segundo o relato de familiares, a criança de 3 anos teria sido estuprada na unidade escolar. “A direção da creche falou que, infelizmente, eles não podem fazer nada, porquê lá não têm câmera e que não sabiam que isso estava acontecendo na creche.”

O caso está sob investigação da Polícia Civil do Rio de Janeiro.

Nota da Prefeitura

A redação do portal fez contato com a Ascom da Prefeitura de Cantagalo, que encaminhou a nota abaixo:

“Lamentamos profundamente o ocorrido no dia 5 de junho de 2024 com uma moradora do Bairro do São José. A Secretaria Municipal de Educação solicitou a apuração dos fatos e foi registrado um boletim de ocorrência na delegacia para garantir uma investigação completa e transparente.

Esclarecemos que a Creche Municipal atende crianças de até 3 (três) anos de idade e que nenhuma criança fica sozinha com uma única professora. Sempre há, no mínimo, três servidoras presentes. Além disso, todas as professoras e supervisoras são mulheres.

Informamos também que às 11:30h a fralda da criança foi trocada sem que nada de anormal fosse detectado, e a criança permaneceu na creche até às 12h. Reafirmamos nosso compromisso com a segurança e bem-estar das crianças sob nossos cuidados.”

Supostos casos de negligência

Essa não é a primeira ocorrência registrada sobre a mesma unidade. Em agosto de 2023, duas crianças – uma menina e um menino – de aproximadamente dois anos, sofreram diversas mordidas pelo corpo e no rosto enquanto estavam em sala na unidade. (Relembre o caso)

Crianças tem corpos e rostos mordidos em creche municipal de Cantagalo

Ao @serranewsrj, na quinta-feira (6/6), uma mãe angustiada desabafou. “Meu filho já chegou machucado diversas vezes e ninguém nunca me deu uma satisfação; fui lá e o máximo que me disseram foi que ‘não vimos, não temos como olhar todas crianças, não temos culpa’, coisas do tipo.”

Creche de Cantagalo

Instalada na Rua Azer Ribeiro, parte alta do bairro São José, o mais populoso de Cantagalo com cerca de seis mil moradores, a Creche Municipal Prefeito Geraldo Pires Guimarães é um importante instrumento educacional, inaugurado em dezembro de 2016. Segundo dados da Prefeitura Municipal de Cantagalo, a creche obedece a padrão do Governo Federal, e tem capacidade para cerca de 200 crianças em regime parcial.

A unidade foi uma grande conquista para os moradores e têm 12.475 metros quadrados de área construída, representando um investimento de aproximadamente R$ 2 milhões, com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). A Secretaria Municipal de Educação é a responsável pelo gerenciamento da unidade. A unidade começou a funcionar a partir de 2017.

Atualização

Mãe presta depoimento sobre caso de suposto estupro em creche de Cantagalo

Veja também