O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

Trânsito fica interrompido após acidente no viaduto em Nova Friburgo

Nos últimos meses, a cidade de Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio de Janeiro, teve um registro estrondoso na quantidade de acidentes no trânsito, registrando inclusive alguns óbitos.

Apesar das campanhas de conscientização e prevenção voltadas para condutores e pedestres, os primeiros dias do mês de julho, infelizmente, constaram muitos acidentes na cidade.

Uma colisão envolvendo uma carreta e um veículo T-Cross ocorreu por volta das 20 hrs, de segunda-feira (3/7) no bairro Ypu, no início do viaduto (capa da matéria).

O carro rodou no momento da colisão, parando na frente da carreta e causando o bloqueio da pista. O acesso ao viaduto ficou interditado por uma hora e o fluxo de veículo foi desviado para a Rua Mac Niven.

Agentes da Polícia Militar e da Secretaria Municipal de Ordem e Mobilidade Urbana (Smomu) deram todo o suporte até a remoção dos veículos envolvidos na colisão.

No domingo, 2/7, um motociclista foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros na Estrada de Lumiar, após se envolver em um acidente. Na mesma data, na Avenida Governador Roberto Silveira, um carro colidiu em uma árvore. O 6º GBM levou a vítima para o Hospital Municipal Raul Sertã.

Na virada do mês, na sexta (30/6), um taxista capotou com seu veículo na rotatória entre a Avenida Conselheiro Julius Arp e a Alameda Barão de Nova Friburgo, na saída do bairro Olaria.

Acidentes de trânsito marcam o início de julho em Nova Friburgo.
Acidentes marcam o início do mês de julho.

De acordo com Fabrício Medeiros, técnico de segurança no trânsito, existem medidas que podem ser adotadas para a melhoria do trânsito na cidade. “São medidas, por exemplo, implantação de dispositivos de contenção ou separação de vias de duplo sentido de circulação em pistas, através de barreiras de concreto ou até mesmo balizadores. Onde há atropelamentos, pode ser implementado o avanço de calçada.

Ele conclui dizendo que são inúmeras medidas disponíveis a depender do local. “Através de dados estatísticos de sinistros (acidentes) ocorridos, é possível que os órgãos e entidades executivos de trânsito tomem ações para evitar novas ocorrências” – disse Fabricio Medeiros, especialista e analista em sinalização viária.

Veja também
error: Content is protected !!