O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

Friburgo: Homem que matou esposa grávida e sogra vai para presídio comum

O Tribunal de Justiça da 1º Vara Criminal de Nova Friburgo determinou nesta sexta-feira, 20, a transferência de presídio de Ricardo Pinheiro Jucá Vasconcelos, acusado de assassinar a esposa e a sogra, e tentar matar o sogro no última sexta, 13/8, no Cônego, em Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio.

Por decisão do TJRJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro), o suspeito foi inicialmente encaminhado para o Hospital de Custódia e Tratamento Psiquiátrico Roberto Medeiros, onde foi submetido a exames. Caso o resultado indicasse ausência de doença psiquiátrica, ele seria encaminhado para unidade prisional comum. Ricardo afirmou que estava em um “surto” quando foi preso, o que foi posto em dúvida pelo delegado responsável pelo caso.

Segundo o despacho do juiz titular, Marcelo Alberto Chaves Villas, não há indícios de que o acusado tenha qualquer tipo de transtorno mental, que poderia ter causado um surto, levando-o a cometer os crimes. Com isso, o acusado deve ser transferido da ala de prisão psiquiátrica para uma ala comum, em um presídio não divulgado.

glock
Arma Glock apreendida pela Polícia Militar na residência no Cônego, onde ocorreu o duplo homicídio

Caso

Ricardo Pinheiro Jucá Vasconcelos, de 43 anos, tabelião do cartório em Conselheiro Paulino, baleou na noite de uma sexta-feira, 13, a esposa – juíza de paz de 33 anos, grávida de 6 meses – e os pais dela, de 67 e 75 anos, na casa da família, na Rua Venceslau Braz, área nobre do Cônego. A mulher e a sogra morreram na hora e o sogro ficou gravemente ferido.

A PM foi acionada para a ocorrência às 21h55. No local, os agentes policiais encontraram o sogro do acusado ferido no portão da casa. Em seguida, com as primeiras informações sobre a autoria dos fatos, os policiais entraram na residência e localizaram o acusado que estava desarmado naquele momento, mas tentou resistir à abordagem. Ele foi contido e algemado.

No interior da residência, os policiais se depararam com cenas dantescas, com a sogra morta na sala e a mulher grávida, sem vida, no quarto. A pistola e três carregadores foi localizada sobre a cama. Segundo informações, Ricardo Pinheiro Jucá Vasconcelos teria tido um surto psicótico e começou a disparar com uma pistola Glock, 9mm, contra os próprios familiares. A Polícia Militar tentou controlá-lo e acabou prendendo o atirador.

Urgente! Tabelião tem surto psicótico e mata familiares no Cônego, em Friburgo

Declarações

Em seu perfil no Instagram, a mulher, que era juíza de paz, publicava mensagens de carinho para o companheiro em datas comemorativas, como o Dia dos Namorados, celebrado em 12 de junho, e o Dia dos Pais. Na última ocasião, Nahaty escreveu: “Meu amor, feliz dia dos pais!!”. “Nesses 6 meses do nosso pacotinho eu só tenho amor, gratidão e certeza de que nossa filha tirou a sorte grande em te ter como PAI!!”.

No dia 23 de maio, a vítima desejou feliz aniversário para o companheiro, com o recado: “Te amo tanto que dói!!”. E acrescentou: “Obrigada por fazer de mim uma pessoa melhor! Obrigada por todos os dias me fazer gargalhar, e obrigada por ser meu melhor amigo, meu marido e eterno namorado!”.

Já no Dia dos Namorados, Nahaty começou a postagem dizendo que a data é “um dia a mais para darmos valor a quem temos ao nosso lado!!”. “Meu marido é, e sempre será meu eterno namorado, pois buscamos cultivar sempre momentos leves, alegres, românticos, únicos! Casamento é bom demais, pq vc pode ter seu namorado (ou namorada) pertinho o tempo todo… o meu conselho para cada um é que nunca se esqueçam de aproveitar cada momento ao lado de quem se ama!”, finalizou.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ciente disso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia mais