Semana 3 – Detox Emocional: Dificuldade em se mostrar vulnerável

Semana 3 - Detox Emocional: Dificuldade em se mostrar vulnerável

Detox Emocional 3: Mário era uma criança gordinha e sofria muito internamente com isso. Em casa, não se sentia muito acolhido e nunca teve o suporte necessário na tomada de decisões. Além disso, sempre que comentava algo de vitorioso que acontecia, na maioria das vezes era comparado com outras pessoas e sempre a conquista do outro era mais gloriosa. Na escola, foi vítima de bullying pelos colegas e até pelos professores quando se colocava. Em virtude disso, Mário tornou-se recluso, tinha muita vergonha de se expressar e ser reprimido.

O que aconteceu com Mário? Criou um mecanismo de autodefesa para tentar se mostrar forte o tempo todo. Mas no fundo, Mario sofria mundos com suas deficiências, com a dificuldade de expor suas vulnerabilidades, assim como de pedir e de aceitar ajuda.

Amorecos, a criação que tivemos influencia demais em nossa vida como um todo, e por isto criamos as famosas crenças que tanto nos limitam e sabotam a nossa trajetória de evolução pessoal. Mas Aretuza, então a culpa é dos nossos pais e/ou responsáveis? Nãooo, pois eles nos deram o que receberam. Não podemos exigir e nem culpar o outro de algo que eles também não tiveram.

Mário cresceu como um cavalheiro preso em suas armaduras e até conseguir entender o que fez com que ele se vestisse assim, sofreu demais. E está tudo bem, o importante foi o reconhecimento da origem do que travava a sua vida. Como pode melhorar? O que mais é possível? Autoconhecimento, o olhar para dentro e se necessário, buscar por ajuda profissional para conseguir ressignificar o passado. É todo um processo onde não podemos queimar etapas ou a culpa e o martírio tomarão conta de nós, ciclos não serão sacramentados e a caminhada continuará cheia de buracos.

Não tenhamos medo de expor as nossas vulnerabilidades, de pedir ajuda se estamos inseguros ou com medo, de dizer que não sabemos ou conhecemos algo, ou até mesmo de dizer ao outro – eu preciso de você. Olha que lindo! Entenderam? Perceberam como a vida pode ser mais leve? Não há nada mais admirável que a humildade. É uma virtude poder ser quem realmente somos sem máscaras e sem nos preocupar com o julgamento alheio. Lembre-se, o que é do outro diz respeito somente ao outro. E, sinceramente? Se alguém não quiser fazer parte da sua vida, celebre! Livramento! Não é digno de você.

Práticas da semana contra a dificuldade de se mostrar vulnerável: 1. Mantra para proclamar três vezes ao dia: Seu nome, eu sinto muito, me perdoe, eu te amo, sou grato (Se possível, em frente ao espelho). 2. Meditar no youtube Ho’oponopono – Limpeza de memórias no DNA.

Vamos juntos? Obrigado por ler a edição 3 do Detox Emocional. Um beijo no coração de todos e até a próxima coluna…

Leia também: Semana 2 – Detox Emocional: Medo do que os outros irão pensar