O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.
lateral-160×200
lateral-160×200

Semana 1 – Detox Emocional: Mania de Comparação

Sema 1 - Detox Emocional: Mania de Comparação

Detox Emocional: João vivia se comparando com outras pessoas. Ele criou em sua mente um ser imaginário de sucesso de acordo com a vida das outras pessoas e o perseguia numa busca incansável e sem fim. Até que um dia João começou a sentir um vazio muito grande…

O que aconteceu com João? Ele perdeu a sua identidade!

O que eu chamo de paz interior e que muitos chamam de felicidade não admite comparações. Que inquietude é esta? Acalme o seu coração. Olhe para você, se acolha e busque o seu autoconhecimento. Somente a partir deste ponto que podemos encontrar a nossa missão de vida e assim sermos capazes de verdadeiramente exercer a nossa identidade como pessoas únicas, incomparáveis! Através desta descoberta, encontramos o nosso propósito e vamos construindo a nossa marca, assim como o legado que queremos deixar no coração das pessoas.

Lembra da estratégia do oceano azul? Simmmm…vamos praticar?

De acordo com Demócrito, não é na posse de rebanhos nem no ouro que encontramos a felicidade de viver; a morada da felicidade é a alma. Em outras palavras, quem não sente a felicidade no âmago da sua alma correrá atrás dela em vão no mundo das posses e nunca possuirá o suficiente. Mas isto não torna ninguém feliz. A felicidade e a paz interior residem em nossa alma, lá onde estamos em congruência conosco, com as nossas verdades, com os nossos valores únicos, onde temos consciência da nossa própria dignidade humana… e lá também está a felicidade que nenhum fracasso, nenhuma perda e nenhuma rejeição podem lhe roubar.

Práticas da semana contra comparações: 1. Preste atenção em você mesmo anote durante 7 dias 10 características unicamente suas. 2. Comprometa-se consigo mesmo a fortalecê-las. 3. Já se namorou? Olhe-se no espelho e se namore…apaixone-se por você. Olhe bem nos seus olhos e diga em voz alta: Eu te amo.

Vamos juntos? Um beijo grande no coração e até a próxima coluna. Confira outros artigos que escrevi clicando aqui!

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ciente disso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia mais