O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

Polícia prende quadrilha que aplicava golpes em caixas eletrônicos de Cordeiro

A Polícia Civil prendeu na manhã de sábado, 10/2, três homens integrantes de uma quadrilha que aplicava o golpe conhecido como “chupa cabra” em caixas eletrônicos do estado do Rio de Janeiro.

Eles foram presos em flagrante quando tentavam aplicar golpes na agência da Caixa Econômica Federal, localizada na Rua João Beliene Salgado, no Centro de Cordeiro (RJ).

O delegado Dr. Gilberto Soares, da 154º DP, disse com exclusividade ao @serranewsrj, que a Polícia Civil já vinha investigando a quadrilha, após a denúncia de um cidadão, e já havia identificado dois dos quatro envolvidos.

“O carro utilizado pelos criminosos estava sendo monitorado e a Polícia Civil já se preparou para ficar nas proximidades do banco, sabendo que os meliantes voltariam à cidade. Assim foi possível a prisão em flagrante de três dos quatro indivíduos” – disse o delegado.

Golpe do ‘chupa cabra’

A investigação aponta que os criminosos vinham aplicando golpes na cidade nos fins de semana e feriados. O golpe “chupa cabra” consiste em inserir um dispositivo no caixa eletrônico dos bancos que faz o cartão da vítima ficar preso no terminal.

O crime era concluído quando o cliente que teve seu cartão retido na máquina ligava para um telefone falso, que era colocado nos caixas em um adesivo feito pelos próprios criminosos.

Dessa forma, os suspeitos se aproveitavam para pegar todos os dados e a senha do cartão, que a própria vítima disponibilizava por achar que estava falando com a central do banco. Em seguida, o roubo da conta bancária era efetuado.

Prisão em flagrante

Os policiais da 154º DP se dirigiram até as proximidades da agência no Centro de Cordeiro (RJ), quando realizaram campana, de forma velada e passaram a verificar as ações dos investigados.

Foi verificado que cada um dos investigados se alternava para entrar na agência, enquanto outros aguardavam no interior do veículo, sendo que este fato se repetiu por diversas vezes. Os suspeitos trocavam as vestes durante a empreitada criminosa.

A Polícia Civil, por volta de 10:50h, em constante vigilância, observou que todos os investigados ingressaram no interior do veículo, quando foi realizada a abordagem policial, sendo os indivíduos com diversas passagens na polícia.

No interior do veículo foram localizadas diversas roupas, bonés, chapéus, ferramentas de serviços gerais, como chave de fenda, alicate, lixa, telefones celulares, dispositivos de metal e pequenos pedaços de plástico (aparentemente utilizado para reter cartões bancários no caixa eletrônico), chapa de metal, cartões bancários, óculos de grau, fita isolante, fita adesiva transparente, etiquetas com uns números de uma central de atendimento e identificação do caixa eletrônica (aparentemente utilizadas para direcionar os clientes para uma central de atendimento falsa).

Os policiais civis realizaram diligência no interior da agência da Caixa Econômica Federal, quando foram verificados dois caixas eletrônicos com cartões retidos e uma das vítimas foi localizada no local e compareceu na 154º Delegacia Legal de Cordeiro para prestar as suas declarações.

Diante dos fatos, os suspeitos receberam voz de prisão e os objetos foram apreendidos para apreciação da autoridade policial. Os indivíduos permaneceram presos, segundo o Artigo 155 parágrafo 4 incisos II e IV do Código Penal – furto mediante fraude em concurso de pessoas e artigo 288 do Código penal – associação criminosa.

Empresas apoiam a informação de qualidade

Veja também
error: Content is protected !!