O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

Relações positivas no trabalho contribuem na diminuição do estresse e Burnout

Não existe ambiente neutro, ou ele contribui para o seu bem-estar ou ele contribui para lhe desgastar. E os impactos são acumulativos se não existir uma tomada de consciência e mudança de comportamento.

Quem aí já chegou em casa após um dia de trabalho se sentindo exausto e com a energia baixa, mesmo sem causa aparente de excesso de demandas? Bem-vindo ao grupo dos que já vivenciaram essa experiência e até tiveram complicações sérias de saúde por isso.

O melhor de todos os mundos seria, obviamente, poder optar por outro trabalho, mas nem para todos isso é possível.

E como identificar e se preservar, caso não seja possível mudar o local de trabalho? Sigam algumas sugestões:

  1. Evite permanecer onde as pessoas estão fazendo fofoca;
  2. Quando alguém chegar fazendo comentários sobre a vida alheia, mude o assunto;
  3. Não exponha sua vida particular e seus planos;
  4. Sabe aquela pessoa que reclama de tudo? Seja educado e gentil sempre, mas evite ficar perto por muito tempo;
  5. Mantenha distância de pessoas negativas e problemáticas;
  6. Se tiver um tempo livre, mas que ainda seja necessário cumprir horário: leia um livro, se matricule em um curso de aperfeiçoamento, ouça podcast e/ou vídeos de pessoas que irão contribuir no seu autodesenvolvimento, ou simplesmente, tire um tempo para você rever suas demandas e respirar um pouco.

Lembre-se que tudo o que você alimenta cresce, portanto, desenvolva o hábito consciente de observar o ambiente e as suas relações, para que tão logo seja possível agir de forma sustentável consigo mesmo e não permitir que isso impacte na sua saúde.

Por outro lado, conexões sociais positivas contribuem para o bem-estar do ambiente e produtividade de todos que fazem parte do mesmo. Assim, estimular um local de trabalho com comportamentos que motivam e engrandecem o meio é extremamente importante na prevenção e redução do estresse e Burnout.

Concluo essa coluna deixando uma reflexão: antes de desejarmos que o mundo mude, primeiramente devemos mudar a nós mesmos. Já parou para se auto observar? Não? Estabeleça um momento do seu dia para isso e reflita sobre como você tem se comportado nos ambientes que faz parte.

Seja um agente de transformação da humanidade, a começar por você!

Beijos de Luz e Sorrisos. Com amor, Aretuza Lattanzi.

Empresas apoiam a informação de qualidade

Veja também
error: Content is protected !!