O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

Covid-19: Aplicação da vacina bivalente deve começar em fevereiro

O Ministério da Saúde anunciou que pretende começar a aplicar as doses de reforço da vacina bivalente para imunização contra a Covid-19 a partir do dia 27 de fevereiro. Essas vacinas aumentam a imunidade contra o vírus da cepa original, bem como da variante Ômicron. O anúncio foi feito na quinta-feira (26/01) durante a primeira reunião ordinária da Comissão Intergestores Tripartite, na Organização Pan-Americana de Saúde (Opas).

O Ministério da Saúde também pretende intensificar a vacinação contra a doença com as vacinas monovalentes, que também oferecem ampla proteção contra a infecção. Cerca de 19,1 milhão de brasileiros não completaram o esquema vacinal contra a Covid-19, tendo recebido apenas a primeira dose, e não estão completamente protegidos contra a infecção.

Veja a ordem prevista da vacinação:
  • 1ª fase: pessoas a partir de 70 anos, imunocomprometidas, comunidades indígenas, ribeirinhos, quilombolas e que vivem em instituições de longa permanência;
  • 2ª fase: pessoas de 60 a 69 anos;
  • 3ª fase: gestantes e puérperas;
  • 4ª fase: profissionais de saúde.

O uso emergencial de duas vacinas bivalentes da Pfizer contra a Covid-19 foi aprovado pela Anvisa em novembro de 2022. São dois imunizantes atualizados que contemplam sublinhagens da variante Ômicron do coronavírus e devem ser utilizados como doses de reforço contra a doença:

  • Bivalente BA1 – protege contra a variante original e também contra a variante Ômicron BA1;
  • Bivalente BA4/BA5 – protege contra a variante original e também contra a variante Ômicron BA4/BA5.

Veja também
error: Content is protected !!