O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

Jornalista é assassinado a tiros em Italva; ABI pede apuração rigorosa

A Associação Brasileira de Imprensa (ABI) solidificou, na segunda-feira (15/8), o pedido para que as investigações sobre o assassinato do empresário e jornalista Luiz Carlos Gomes, de 60 anos, sejam rápidas, rigorosas e direcionem não só os assassinos, mas, principalmente, os mandantes. A ABI reiterou sua preocupação com o aumento da violência contra jornalistas, no seu exercício profissional.

O jornalista foi morto a tiros na noite da última sexta-feira (12), no distrito de São Pedro do Paraíso, em Italva, no Noroeste Fluminense. Ele era proprietário do Jornal Tempo News e apresentava um programa na Rádio Oásis FM. Luiz Carlos e sua esposa, Cristina Rios, saíram de um evento e adentraram no carro, quando, segundo testemunhas, dois homens em uma moto atiraram diversas vezes contra ele. Cristina não ficou ferida.

Nas redes sociais, Cristina publicou uma mensagem: “Meu coração está doendo muito, com marcas que nunca irão cicatrizar. Meu amor, descanse em paz”. No local do crime, a Polícia encontrou várias cápsulas de balas. Cerca de dez disparos teriam sido efetuados. Os criminosos fugiram e até o momento não foram encontrados.

“Os dados da Federação Nacional dos Jornalistas estão aí justamente para apontar essa triste realidade. A gente se preocupa demais quando isso acaba chegando próximo. Esperamos que a polícia dê respostas, não só para que a família tenha um retorno do que aconteceu realmente, mas, também, para toda a sociedade. Um crime contra um jornalista é um crime contra a democracia, principalmente se for comprovado que tenha sido uma execução por intolerância e perseguição, algo que, infelizmente, tem ocorrido em vários municípios brasileiros” – disse o presidente da AIC, Wellington Cordeiro.

Portal dos Procurados

O Portal dos Procurados divulgou no sábado (13/8) um cartaz para ajudar nas investigações para identificar e localizar os suspeitos que mataram o empresário e jornalista, Luiz Carlos Gomes, de 60 anos. O caso está sendo investigado pela 148ª DP de Italva. Segundo a Polícia Civil, agentes da distrital estão com diligências em andamento, para identificar a autoria e a motivação do crime.

O Disque Denúncia pede que quem tiver informações sobre a identificação dos criminosos envolvidos na morte do empresário Luiz Carlos Gomes, liguem para os seguintes canais de atendimento: (21) 2253 1177; pelo 0300-253-1177; Whatsapp (21) 98849-6099; APP “Disque Denúncia RJ”; Facebook/(inbox); Twitter/(mensagens); ou Site Portal dos Procurados.

Jornalista morto em Italva

Veja também
error: Content is protected !!