O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

Após anos, obras no Hospital do Câncer de Nova Friburgo são retomadas

O governador Cláudio Castro (PL) e o secretário de Estado de Infraestrutura e Obras (Seinfra), Rogério Brandi, e a subsecretária de Atenção à Saúde, Fernanda Fialho, assinaram na terça-feira (14/06) a ordem para início das obras de construção do Hospital Estadual de Oncologia de Nova Friburgo. Com investimento de R$ 50,6 milhões, o antigo Centro Adventista de Vida Saudável irá se transformar em um hospital moderno e que deverá atender toda a região.

O novo hospital terá 58 leitos, sendo 10 de tratamento intensivo e 48 de enfermaria, além de consultórios médicos e laboratórios e estacionamento. Em sua visita ao Hospital do Câncer no início de maio, o secretário Rogério Brandi disse que há muito trabalho a fazer, até pelo tempo que a obra está paralisada. O resultado, adiantou, será um hospital de última geração.

“A obra começa agora e faremos o possível para que seja concluída o mais breve possível, para que as famílias daqui de Nova Friburgo e dos municípios do entorno tenham mais tranquilidade no tratamento do câncer. Esse será um hospital muito importante para a população e estamos dando a importância necessária à obra”, afirmou Brandi.

Desdobramentos

Hospital Estadual de Oncologia de Nova Friburgo (Hospital Oncológico)
A expectativa é que a obra, orçada em R$ 51 milhões, seja finalizada em até 12 meses.

As obras de construção do novo centro de tratamento para pacientes com câncer foram totalmente paralisadas em 2016, ano em que estava prevista a ‘segunda’ entrega do hospital para a população, com apenas 12% de seu projeto original de instalações físicas executado.

A paralisação das obras ocorreu após o descumprimento contratual firmado entre a União e o Governo do Estado do Rio de Janeiro. O acordo inicial previa o investimento de R$ 49 milhões do Governo Federal somados com o investimento de R$ 9,8 milhões do Governo Estadual. No entanto, problemas na contratação das obras pelo Estado e a ausência de recursos estaduais fez com que a União suspendesse o repasse de verbas para a construção da unidade.

Em 2018, houve uma nova tentativa de retomada da construção do Hospital Estadual de Oncologia. O Governo do Estado do Rio de Janeiro apresentou uma readaptação do projeto, diminuindo o seu escopo original, para a retomar as obras. O projeto de readaptação foi apresentado ao Ministério da Saúde (MS) para a avaliação das normas técnicas e dos termos de auxílio financeiro a ser concedido pela União, mas, somente agora, em junho de 2022, a retomada do projeto foi firmada.

A construção do hospital oncológico foi anunciada oficialmente em 2012, no então governo de Sérgio Cabral. Na época, o compromisso era de entregar à Nova Friburgo uma unidade com 120 leitos, 10 UTIs, 30 leitos para tratamento infantil, além de 03 salas cirúrgicas e um Centro de Imagens. A Empresa de Obras Públicas do Estado (Emop) começou as obras de adaptação ainda em 2012, mas por pouco tempo. O governador pretendia inaugurar a unidade dois anos depois, ou seja, em 2014. Não foi inaugurada naquele ano, nem nas gestões seguintes.

Agora, sete anos depois, o governador Cláudio Castro (PL), determinou a retomada das obras de um novo projeto do Hospital do Câncer de Nova Friburgo. A expectativa é que a obra, orçada em R$ 51 milhões, seja finalizada em até 12 meses. Após a conclusão, a Secretaria Estadual de Saúde deve investir R$ 30 milhões em equipamentos. Um marco histórico para Nova Friburgo e toda a Região Serrana do Rio de Janeiro.

Ministro da Saúde visita Nova Friburgo e vai até Hospital do Câncer

Veja também
error: Content is protected !!