O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

Estatuto do Idoso deve ser facilitado em estabelecimentos de Cantagalo

Sancionada na edição N.º 981, de 04 de abril de 2022, do Diário Oficial Eletrônico de Cantagalo, a Lei Municipal N.º 1.676/2022 de autoria do vereador Matheus Arruda (PP), dispõe sobre a obrigatoriedade de disponibilização do Estatuto do Idoso (Lei Federal N. 10741/2003), nos estabelecimentos comerciais, agências bancárias e órgãos governamentais estabelecidos no município de Cantagalo, na Região Serrana do Rio, para acesso à informação.

Segundo o vereador, alguns idosos fizeram queixas do descumprimento da prioridade nos atendimentos, principalmente em órgãos governamentais e algumas agências bancárias do município, o que o levou a propor a referida Lei com vistas à garantir ao idoso o acesso aos seus direitos.

Matheus Arruda (PP) diz que o Estatuto do Idoso pode ser disponibilizados gratuitamente, por exemplo, pelo Conselho Municipal do Idoso, em parceria com o Fundo Municipal de Assistência Social ou impressa pelos órgãos e estabelecimentos através da internet, por se tratar de Lei Federal disponibilizada no site do planalto e em cartilhas enviadas aos municípios.

A justificativa do projeto diz:

“[…] ver uma pessoa com mais de 60 anos ter prioridade na fila de supermercados, bancos, me ônibus e outros locais se tornou mais comum no país. Por vezes, ainda desrespeitado, o direito dos idosos de ter prioridade em diferentes serviços, e outras garantias, ficou amplamente conhecido depois do Estatuto do Idoso.

Criado pela Lei 10.741, em 01° de outubro de 2003, quando o Brasil tinha 15 milhões de idosos, o estatuto trouxe, de forma inédita, princípios de proteção integral e da prioridade absoluta às pessoas com mais de 60 (sessenta) anos de idade e regulou direitos específicos para esta população.

A partir do Estatuto, pela primeira vez, negligência, discriminação, violência de diferentes tipos, inclusive a financeira, e atos de opressão contra o idoso foram criminalizados e hoje são passíveis de punição. O estatuto também aumentou o conhecimento e a percepção dos idosos sobre seus direitos”.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ciente disso, mas você pode cancelar se desejar. AceitarLeia mais