O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

Bruno Boaretto renuncia ao cargo para ser pré-candidato a deputado estadual

Com muitas lágrimas no rosto de emoção e honra, o então prefeito de Macuco, Bruno Boaretto (PL), anunciou na noite de quinta-feira (31/03) a saída do cargo para se lançar como pré-candidato a deputado estadual nas eleições de 2022. Quem assume imediatamente a função é a vice-prefeita Michelle Bianchini, que se torna a primeira prefeita da história do município. Macuco é apontado como o menor município do Estado, segundo dados do IBGE, com uma população estimada em 5.600 habitantes

Na carreira política, Bruno Boaretto acumula honrarias. Foi o vereador mais jovem da história de Macuco e presidente da Câmara Municipal. Além disso, na primeira votação para prefeito, obteve mais de 92% de aprovação da população. Por desempenhar uma excelente gestão, chegou ser candidato único nas últimas eleições. Agora, com coragem, garra e determinação, colocará seu nome como opção à deputado estadual buscando um novo tempo para o interior.

Bruno Boaretto explicou detalhadamente os motivos que o levaram a optar pela renúncia ao cargo. No seu último dia ao gabinete, o então prefeito foi recebido com um corredor de aplausos pelos funcionários da Prefeitura.

“Deixar a função de prefeito mexe comigo, dói no peito e abala a alma! Porém, saber que estou atendendo a um chamado coletivo para defender os interesses da população do interior me tranquiliza. Nesse momento, resta-me abrir meu coração, que sempre teve como dono o povo macuquense, para expor minha gratidão, que será eterna por tudo que esse município representa para mim. Estarei sempre à disposição da nossa gente… Muito obrigado por tudo, Macuco” – disse Bruno Boaretto nas redes sociais.

Quem assume a função é Michelle Bianchini, que se torna a primeira prefeita da história do município.
Quem assume a função é Michelle Bianchini, que se torna a primeira prefeita da história do município. (Foto: Raphael Oliveira)

A vice Michelle Bianchini – que assume os destinos de Macuco a partir de agora – foi enfática e se mostrou agradecida ao reconhecer a grandeza de Bruno Boaretto por confiar a uma mulher a responsabilidade de governar o município. “Isso ilustra bem o seu caráter e personalidade”, disse ela. Outro instante que tirou o fôlego foi quando da homenagem concedida pela Câmara Municipal. Os nove vereadores entregaram ao prefeito um quadro com um texto ressaltando sua liderança.

Chegado o momento de seu pronunciamento – paralisado diversas vezes para que pudesse respirar e controlar os sentimentos –, Bruno foi ‘cirúrgico’ e objetivo. Relembrou agruras do árduo caminho para garantir conquistas e qualidade de vida para seus conterrâneos e progresso para o município; se congratulou com seus colaboradores, incluindo Poder Legislativo, servidores e secretariado; destacou como alicerce a esposa, filhas e família; se emocionou ao rememorar o apoio e incentivo do pai na vida política; e foi absolutamente ovacionado ao enaltecer o povo local como seu maior aliado.

Sobre a renúncia, Bruno arrancou aplausos justificando se tratar de uma causa nobre e abrangente em defesa das causas do interior. “Tenho vocação para a política e a utilizo como instrumento para melhorar a vida das pessoas. A hora é agora, vamos atravessar o estado, contar nossa história de sucesso e projetar dias melhores, pois talvez não tenhamos outra oportunidade. Vamos fazer nossa voz ecoar para que a nossa região seja ouvida. Raiz, essência de família, respeito, humildade e raça”, concluiu Boaretto.

Por Ricardo Vieira

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ciente disso, mas você pode cancelar se desejar. AceitarLeia mais