O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

Rio de Janeiro: veja quem são os pré-candidatos ao Governo e ao Senado

Um levantamento realizado pelo Serra News apontou quem são os pré-candidatos para o governo estadual e para o Senado no Rio de Janeiro. Os partidos podem mudar as indicações até 5 de agosto, quando acaba o prazo para a escolha de candidatos e candidatas.

A eleição para o governo do Rio de Janeiro em 2022 tem o peso do histórico de envolvimento em escândalos dos antecessores. Desde a prisão do ex-governador Sérgio Cabral, em 2016, o Palácio Guanabara passou por momentos turbulentos como a ida do sucessor de Cabral, Luiz Fernando Pezão, para a cadeia e, no ano passado, o impeachment do ex-juiz Wilson Witzel.

Com a saída de Witzel, assumiu o cargo o vice eleito junto com ele em 2018, Cláudio Castro, que deve tentar a reeleição. Os outros nomes cogitados são Marcelo Freixo, Felipe Santa Cruz, Paulo Ganime, Rodrigo Neves, Eduardo Serra e ainda Milton Temer.

Nomes cotados para Governador

CLAÚDIO CASTRO (PL)
Atual governador, Cláudio Bomfim de Castro e Silva, de 42 anos, é pré-candidato à reeleição. Ele nasceu em Santos (SP) e, ainda criança, veio morar no Rio de Janeiro. Castro é formado em Direito e foi chefe de gabinete do deputado estadual Márcio Pacheco (PSC) na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). Em 2016, foi eleito vereador pelo PSC.

MARCELO FREIXO (PSB)
Aos 54 anos, Marcelo Ribeiro Freixo é deputado federal pelo PSB-RJ, sigla à qual se filiou em junho do ano passado, depois de uma longa carreira no PSOL. Foi pelo Partido Socialismo e Liberdade que Freixo se elegeu pela primeira vez, em 2007, como deputado estadual no Rio de Janeiro.

FELIPE SANTA CRUZ (PSD)
Felipe de Santa Cruz Oliveira Scaletsky, de 49 anos, é ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). O advogado é o único filho de Ana Lúcia e Fernando Santa Cruz, este vítima da ditadura militar, desaparecido político aos 26 anos. Felipe anunciou recentemente que seria pré-candidato ao Governo do RJ.

PAULO GANIME (NOVO)
Paulo Gustavo Ganime Alves Teixeira (Novo), de 38 anos, é deputado federal pelo Partido Novo e líder da legenda na Câmara dos Deputados, em Brasília. Ganime é formado em engenharia de produção pelo Cefet-RJ, estudou Economia na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) e fez um MBA na PUC-Rio.

RODRIGO NEVES (PDT)
Ex-prefeito por dois mandatos de Niterói. Rodrigo Neves Barreto tem 46 anos e é pré-candidato ao Palácio Guanabara pelo PDT. Sociólogo, foi vereador, deputado estadual e secretário estadual de Assistência Social.

MILTON TEMER (PSOL)
O jornalista e ex-deputado foi lançado por uma ala minoritária do PSOL para concorrer ao governo RJ, inclusive, com o apoio do deputado federal friburguense Glauber Braga. A ala majoritária do partido defende o apoio ao nome de Marcelo Freixo.

EDUARDO SERRA (PCB)
Eduardo Serra é professor da Escola Politécnica e no Instituto de Relações Internacionais e Defesa da UFRJ.

ANTHONY GAROTINHO (UNIÃO BRASIL)
Garotinho é um radialista e político. Foi o 58º governador do Rio de Janeiro e candidato à presidência da república em 2002. Ele também já foi prefeito de Campos dos Goytacazes.

Nomes cotados para Senador

ROMÁRIO (PL)
O senador Romário deve ser candidato à reeleição. Popular como ídolo do futebol brasileiro, ele trocou o Podemos pelo PL antes da chegada do presidente Jair Bolsonaro e do governador Cláudio Castro à legenda. Quatro maior goleador da seleção brasileira, Romário foi eleito deputado federal em 2010 e concorreu a governador em 2018.

ALESSANDRO MOLON (PSB)
Alessandro Molon (PSB) é deputado federal e referência da centro-esquerda nas redes sociais. Molon foi candidato à prefeitura do Rio em 2008 e 2016. Ele é professor e radialista.

ANDRÉ CECILIANO (PT)
Político influente no estado, ele é deputado estadual com mandatos consecutivos desde 2011. Também foi prefeito de Paracambi, na Região Metropolitana da capital fluminense.

MARCELO CRIVELLA (REPUBLICANOS)
Ex-prefeito da capital e ex-senador. Sem conseguir a reeleição em 2020, o político ligado à Igreja Universal tenta se viabilizar como potencial puxador de votos na Câmara Federal, mas uma eventual disputa ao Senado não está descartada.

CLARISSA GAROTINHO (PROS)
Deputada federal e filha dos ex-governadores Anthony e Rosinha Garotinho, também é uma possível candidata. Com berço político em Campos dos Goytacazes, a política já foi vereadora e deputada estadual e deve ter sua base eleitoral no interior, embora já tenha concorrido a vice-prefeita do Rio em chapa com Rodrigo Maia.

WASHINGTON REIS (MDB)
O prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis (MDB), é mais um que tentar articular a candidatura ao Senado.

Veja também
error: Content is protected !!