O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

Domingo de terror: chuva volta provocar mortes e estragos em Petrópolis

Uma chuva com intensidade extrema deixou mais rastros de destruição e medo em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, neste domingo (20) – início do outono. A Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros confirmaram ao menos cinco mortos e duas pessoas desaparecidas. O boletim foi divulgado na madrugada de segunda-feira.

Na cidade, houve registros de cerca de 100 ocorrências, entre deslizamentos e alagamentos. Em fevereiro, a cidade imperial viveu a maior tragédia de sua história após um forte temporal, que deixou 233 pessoas mortas.

A Defesa Civil informou que foram registrados 490 milímetros de chuva em menos de 24 horas em Petrópolis. Duas pessoas mortas foram encontradas no Morro da Oficina, no Alto da Serra – área mais afetada no temporal de 15 de fevereiro. Outras duas na Washington Luiz, onde uma pessoa foi resgatada com vida e outras duas são procuradas; e a quinta morte foi registrada na Rua Pinto Ferreira, no bairro Valparaíso.

Na tarde de domingo, sirenes foram acionadas no município e várias ruas ficaram alagadas. Por causa dos alagamentos, vias do Centro foram interditadas. Houve queda de bairreiras. Também ocorreram salvamentos de pessoas ilhadas e atendimentos em deslizamentos na Rua 24 de Maio; na Rua Pedro José Stumpf Sobrinho, no Bingen; e na Rua Olga Castrioto, no bairro São Sebastião; todos sem vítimas.

Empresas apoiam a informação de qualidade

Veja também
error: Content is protected !!