O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

Chuva volta alagar e castigar Itaperuna, Pádua, Miracema e Italva

As chuvas intensas voltaram com força no Noroeste Fluminense. A cidade mais atingida foi Itaperuna, na quarta-feira, 02/02. Também houve registros em Italva, Miracema, Santo Antônio de Pádua, Natividade e Itaocara.

Em Itaperuna, maior cidade dessa mesoregião, a manhã desta quinta-feira (03/02) é de alagamento em diversas ruas da cidade. O bairro Cehab encontram-se alagado e causa transtornos a trabalhadores. Houve transbordamento de córregos e do Rio Muriaé.

Miracema e Santo Antônio de Pádua registraram mais de 100 milímetros de chuva nas últimas horas. Várias ruas ficaram alagadas e moradores registraram em vídeos a chuva nas cidades.

Italva é um dos municípios mais castigados. Mãe e filho morreram soterrados em um deslizamento de terra. Há moradores desabrigados ou desalojados pela enxurrada no distrito de São Pedro do Paraíso e, na área central, o Rio Muriaé sofreu alerta para transbordo.

Também houve alagamentos e deslizamentos em alguns pontos de Natividade e Itaocara. Entretanto, foram casos isolados e a situação é mais amena nessas cidades.

Essa mesma região foi severamente castigada pelas inundações dos rios Pomba, Muriaé, Carangola, Itabapoana e Paraíba do Sul em janeiro. Quase 10 mil pessoas ficaram desalojadas ou desabrigadas nas piores enchentes em uma década.

Tragédia! Mãe e filho morrem soterrados após deslizamento em Italva

Cheia dos rios em Itaperuna, Cambuci, Aperibé, Pádua, Itaocara e outros

 

Empresas apoiam a informação de qualidade

Veja também
error: Content is protected !!