O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

Moção reconhece trabalho de excelência do CTI COVID do Hospital de Cantagalo

A equipe de profissionais de saúde do CTI COVID-19 do Hospital de Cantagalo, recebeu uma moção de parabenização e aplausos concedida pela Câmara Municipal da cidade, de autoria do vereador Tadeu Leite (Patriota), na noite desta terça-feira (16). O instrumento de reconhecimento enaltece o incansável e árduo trabalho executado pelos profissionais de saúde da Santa Casa de Caridade durante o período pandêmico. O presidente da Casa Legislativa, Ciro Fernandes agradeceu o tratamento excepcional que sua mãe recebeu de toda equipe, bem como o vereador Tadeu Leite, que também teve sua esposa internada – ambas saíram com vida da unidade.

A moção ressalta a excelência dos serviços oferecidos pelo CTI COVID do Hospital de Cantagalo, dando importante assistência a todos os cidadãos – cantagalenses ou não – que foram acometidos pelo coronavírus. Cantagalo possui uma das melhores estruturas públicas de acompanhamento médico de Unidades de Terapia Intensiva do estado do Rio de Janeiro, além de uma ala específica referência para tratamento de pacientes acometidos pela doença, implantada em maio de 2020, numa estrutura anexa ao Hospital de Cantagalo, com passagem e equipes próprias, que seguem protocolos rigorosos no combate ao coronavírus.

“A homenagem aos trabalhadores do CTI COVID do Hospital de Cantagalo justifica-se em razão do empenho e dedicação que conduzem sua profissão, com muito esforço, fé e amor. Nossos verdadeiros heróis e heroínas da pandemia Covid-19. Profissionais que enfrentam essa batalha diária e que mesmo com o cansaço e estresse não desistiram da missão de cuidar dos pacientes. Vocês resistiram e continuam a resistir” – diz parte da moção.

“Há mais de um ano vivemos aterrorizados diante dessa pandemia que tem sido uma tragédia na vida de muitas famílias, que levou muita gente a ficar com medo de sair de casa, enquanto outros, por missão e amor, foram para a linha de frente nessa guerra para salvar vidas. Profissionais que todos os dias se levantam e vão para um front de batalha árdua. Perder vidas deixa uma marca para sempre na alma, mas vocês, nossos competentes e valorosos, vestidos com as armas da coragem e da fé, lutam contra os próprios medos, contra o cansaço e exaustão de horas e horas de trabalho. Diante deste cenário, não poderíamos deixar de render nossas homenagens, entendendo a importância desses profissionais” – afirma outra parte.

Em suas palavras, Alan Barros, diretor geral da Santa Casa de Caridade de Cantagalo, disse que a pandemia foi um momento muito difícil, pois os profissionais de saúde atuaram com determinação e coragem contra uma doença desconhecida. “A coragem de estar dentro de um CTI e enfermaria COVID, não é brincadeira. E houve as pessoas que não quiseram estar lá dentro, preferiram não estar. Hoje, o Hospital de Cantagalo tem uma taxa de mortalidade equiparada a hospitais particulares, então a gente fecha um ciclo de CTI COVID com a consciência do dever cumprido. Sabemos que não salvamos todo mundo, tivemos perdas irreparáveis, mas fizemos o possível pra salvar a todos” – disse ele.

O CTI COVID do Hospital de Cantagalo, possui 13 leitos de UTI modernos com televisores e equipamentos de última geração e recebe pacientes de todas as cidades da Região Serrana do Rio para o tratamento da Covid-19. A unidade é a que menos registrou mortes pela doença no Estado e mantém uma equipe composta de profissionais de excelência, que tem mantido o zelo e a determinação em prol dos pacientes hospitalizados. Até o momento, a cidade de Cantagalo registra 65 óbitos por coronavírus, nenhuma internação e baixíssimos casos ativos.

Pacientes com Covid-19 recebem tratamento privilegiado no CTI de Cantagalo

Hospital de Cantagalo coloca em funcionamento usina de oxigênio

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ciente disso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia mais