O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

Ônibus com 52 passageiros capota na BR-116 e deixa mortos em Leopoldina

Um grave acidente envolvendo um ônibus rodoviário da Empresa de Transportes Gontijo, também conhecida como Viação Gontijo, ocorrido no final da noite deste último sábado (2/10), acabou deixando 4 mortos e mais de 40 feridos – dentre os mortos um bebê de 1 ano.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o acidente ocorreu na altura do km 774 da BR-116, em uma ribanceira de difícil acesso, na região da Serra da Vileta, no município de Leopoldina, no interior de Minas Gerais.

O ônibus com prefixo 14850 ao sair da rodovia, teria capotado e caiu no Córrego do Angu, ficando submerso, apenas com as rodas fora da água. O coletivo da Gontijo seguia viagem com 52 pessoas, entre elas 5 crianças e seguia de Santo Amaro em São Paulo, com destino à Ubatã, na Bahia.

Diversas equipes do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU das cidades de Leopoldina, Cataguases, Laranjal, Muriaé e de Além Paraíba, Polícia Militar de Minas Gerais e da Polícia Rodoviária Federal, atenderam a ocorrência. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, chovia no momento do acidente.

“Houve acidente com um ônibus da Viação Gontijo, com várias vítimas, infelizmente algumas fatais. O transporte foi realizado pelo helicóptero da Instituição, por meio da Coordenadoria Aerotática. Até o momento, quatro vítimas foram submetidas a exames de necropsia, sendo três delas já identificadas. Os óbitos decorreram de politraumatismo contuso. As causas do acidente serão apuradas pela Perícia Criminal da PCMG que já coletou várias informações técnicas no local”, disse a Polícia Civil.

Os feridos foram encaminhados para o Pronto-Socorro da Casa de Caridade Leopoldinense. A Perícia Técnica da Polícia Civil foi acionada e esteve no local para realizar os trabalhos para tentar identificar as causas do acidente. Agentes da Polícia Rodoviária Federal, informaram que na região do acidente, não há cobertura de telefonia celular, o que teria dificultado o contato para as equipes de resgate.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ciente disso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia mais