O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.
lateral-160×200
lateral-160×200

Polícia prende padrasto suspeito de matar menina de 4 anos em Petrópolis

Policiais da 105ª Delegacia Policial do Retiro, em Petrópolis, na Região Serrana do Rio, prenderam na tarde desta sexta-feira (16), um homem de 27 anos e uma mulher de 29, padrasto e mãe da menina Angelina Mirandella, de 4 anos, que foi espancada e morta na última quinta (15/7).

Eles foram presos e autuados em flagrante no bairro Quitandinha, por suspeita de tortura e homicídio qualificado.

A Polícia Civil concluiu que a menina foi morta espancada pelo padrasto, tendo a mãe omitido o fato.

De acordo com a polícia, Angelina foi levada às 19h de quinta (15) para a UPA Centro, e transferida para a UTI do Hospital Alcides Carneiro, mas não resistiu aos ferimentos e morreu às 21h.

No laudo de necropsia consta como causa da morte traumatismo crânioencefálico por espancamento e hemorragia.

Ainda segundo a polícia, foram identificadas e ouvidas dezenas de testemunhas, entre vizinhos e parentes e a perícia constatou que a menina também teria sido queimada anteriormente.

Testemunhas confirmaram as agressões para a Polícia.

Polícia prende padrasto suspeito de matar menina de 4 anos em Petrópolis

“O laudo pericial atestou ainda que a criança teve Síndrome de Silverman, que é a síndrome da criança espancada, por haver marcas de agressão recentes e antigas pelo corpo”, contou o delegado responsável pelo caso, João Valentim.

Os suspeitos foram conduzidos para a Delegacia e serão levados para o sistema prisional.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ciente disso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia mais