Janeiro Branco – Sim, é preciso falar: Saúde mental é saúde integral

Janeiro Branco – Sim, é preciso falar: Saúde mental é saúde integral

A campanha janeiro branco, criada em 2014, nos convida a refletir sobre a importância de uma vida com mais consciência, bem-estar, saúde e qualidade. Intensificada em 2021, com o lema “todo cuidado conta”, as ações fazem um paralelo com o momento de pandemia em que estamos vivenciando.

As estatísticas são claras e demonstram a importância deste movimento. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil é segundo país nas Américas com maior número de pessoas depressivas, com cerca de 5,8% de pessoas acometidas do total da população. Um percentual que fica apenas atrás dos Estados Unidos, com 5,9%.

Gente do céu! Além destes dados, o Brasil é o país no mundo com maior prevalência de ansiedade, com indicadores no percentual de 9,3% da população diagnosticada com o transtorno. Diante da pandemia, da necessidade de isolamento, da intensificação com o autocuidado, de mudanças bruscas em nossa rotina além de outros impactos políticos, sociais e financeiros, os números aumentaram.

O que podemos aprender com isto? Eu gosto muito dos números, pois nos proporcionam clareza para assim lidarmos mais com fatos e não com alucinações. Amores, falar de saúde mental e destacar a sua importância para a saúde de forma integral é o que mais devemos vivenciar e promover. Como assim, Aretuza? Quer fazer parte deste movimento e contribuir coma humanidade? Inspire. As pessoas não fazem o que falamos para que elas façam, as pessoas fazem o que fazemos. É o que eu chamo da arte de liderar por inspirar.

Sabe aquela mensagem fofa que para você possa parecer clichê ou bobeira? Acredite, tem um ser humanozinho que vai se conectar. Sabe aquele estilo de vida saudável que você tem? Publique, compartilhe. Você sabia que assim pode mudar o rumo da vida de alguém? Sim, pode! Você sabia que sendo você mesmo, no seu propósito de vida, se amando e se aceitando do jeitinho que é pode ajudar o outro a parar com a busca desenfreada por ser quem não se é de verdade só para ser aceito, amado e não julgado pela sociedade?

A minha missão é a promoção da saúde, o que tenho até como filosofia de vida e posso dizer não somente através de estudos científicos, das minhas formações, mas com base na minha vivência, que a prática de focar no que se pode controlar, é magia. Além disso, praticar atividade física regularmente, alimentação saudável, ter um sono de qualidade, ser mais grato pelas pequenas coisas do dia a dia, meditar, yoga, ouvir música, dançar, sorrir, beber água, contemplar a natureza, olhar a vida com mais positividade, evitar estar em meio de pessoas negativas, ter um hobby…amar. Ahhh, a arte do autocuidado. É o que podemos controlar, faz sentido? Então venham comigo…

Vamos recapitular? Amores, o meu convite é cuidem e propaguem a filosofia holística integrada ao conceito de saúde: bem-estar físico, mental, emocional, energético, espiritual e, por conseguinte, o social. Sabe aquela máxima: mude os seus pensamentos, mude a sua vida? Não é balela, é real. Bora juntos? Esta é a missão da coluna Luz & Sorrisos. Vocês podem contar comigo, eu posso contar com vocês?

Ser essência é potência! Beijo no coração. Com amor e carinho, Are.

Drª Aretuza Lattanzi

Drª Aretuza Lattanzi

Fundadora do movimento inteligência holística, estrategista, mentora, palestrante e escritora.