Donald Trump acusa aplicativo TikTok de roubo de dados e espionagem

Donald Trump acusa aplicativo TikTok de roubo de dados de usuários e espionagem

Pouco tempo após ser acusado pelos Estados Unidos de roubar dados de usuários, o TikTok, que gerou uma receita de US$ 17 bilhões em 2019, agora enfrenta a oposição do grupo Anonymous – que publicou, em suas redes sociais, a seguinte mensagem: “Deletem o TikTok agora.”

A rede social chinesa foi o app mais baixado no mundo neste ano, com mais de 2 bilhões de downloads e é a rede social não americana que mais cresce em todo o mundo. E agora o presidente dos EUA, Donald Trump, ameaça banir o TikTok no país.

Os EUA alegam que o TikTok e outros apps chineses poderiam coletar dados de usuários para o governo de Pequim. E essa não é a primeira acusação de espionagem que o aplicativo recebe. A Índia também baniu o TikTok e outros serviços chineses. A alegação é a mesma: de que esses serviços “prejudicam a soberania, integridade e a defesa do país”.

A situação chegou ao ponto de o grupo hacker Anonymous pedir para que as pessoas desinstalem o TikTok de seus celulares. Segundo eles, uma engenharia reversa no aplicativo mostrou que o app é capaz de coletar informações massivas do usuário. De acordo com o grupo, o TikTok é praticamente um “malware operado pelo governo chinês” com foco em espionagem.

O TikTok se defende e diz que o governo da China nunca pediu dados de usuários — e que nunca repassaria caso pedisse. Além disso, destaca que possui uma equipe multinacional. Inclusive, seu executivo-chefe é americano.

App TikTok

O TikTok é um aplicativo gratuito, uma espécie de versão resumida do YouTube. Os usuários podem postar vídeos de até um minuto e escolher entre um enorme banco de dados de músicas e filtros. Geralmente, os vídeos têm sincronização labial de músicas, cenas engraçadas e truques de edição incomuns. A plataforma explodiu em popularidade nos últimos anos, principalmente com pessoas com menos de 20 anos. Esses vídeos são disponibilizados para seguidores, mas também para estranhos. Por padrão, todas as contas são públicas, embora os usuários possam restringir os uploads para uma lista aprovada de contatos.

Quando um usuário tem mais de mil seguidores, ele também pode fazer transmissões ao vivo para seus fãs e aceitar presentes digitais que podem ser trocados por dinheiro. O aplicativo exibe tanto os vídeos dos perfis que o usuário segue e, com mais destaque, o conteúdo que o aplicativo escolhe com base no que ele assistiu antes. A possibilidade de trocar mensagens privadas também está disponível.

Serra News

Serra News

O melhor portal de notícias da Região Serrana do Rio de Janeiro.