Síndrome do Impostor – será que eu me encaixo?

sindrome do impostor

A Síndrome do impostor pode afetar a vida de qualquer pessoa em todas as esferas, independentemente de títulos, cargos, cultura, renda, gênero, raça, religião e partido político. Seguem alguns exemplos:

  1. Você recebe um convite para assumir o cargo dos sonhos, o qual se capacitou muito para obtê-lo. Os pensamentos que surgem são: Será que sou capaz? Será que isso é para mim?
  2. Você está há anos estudando para um concurso e deseja muito ter um cargo público. Os pensamentos que surgem são: Será que estou gastando dinheiro à toa? As vagas são poucas, acho que não vai dar para mim…
  3. Você conhece aquela pessoa que se enquadra em todos os seus quesitos, a conexão é maravilhosa e a coisa começa a fluir para um relacionamento sério. Os pensamentos que surgem são: Será que sou bom o suficiente? E se ela me rejeitar? Será que vou sofrer? Será que é verdade que ele (a) gosta mesmo de mim? Mas tem tantas opções…
  4. Você é convidado para uma festa incrível com pessoas interessantes. Os pensamentos que surgem são: Será que irão gostar de mim? Será que serei aceito (a)? Será que estou bonito (a) o suficiente em comparação aos demais convidados?
  5. Você tem um sonho em empreender e ser um (a) empresário (a) de muito sucesso. Uma oportunidade surge, mas você se sabatina com as perguntas: E se eu fracassar? E se eu me endividar? E se der tudo errado?

E aí? Você se identificou com alguma? Não se desespere, pois Albert Einstein sofria com essa síndrome e eu também. Gente do céu, já deu para perceber o quanto isso pode travar a vida de um ser humano? É isso que eu quero vocês entendam. Logo, se você se sente frustrado em alguma área da vida, fique atento, porque talvez seja por isso…

Mas Aretuza, como eu consigo me livrar dessa onça? Autoconhecimento e auto-observação constante. Em suma, viver de forma mais consciente. Somente através dessas diretrizes que podemos identificar o impostor que existe em nós e derrotá-lo. Penso ser bem interessante cada um criar a sua própria estratégia de combate, pois o segredo do sucesso está na consistência. Portanto, a minha sugestão é que você escolha aquela mais se adapte.

Uma técnica bem leve e eficaz é dar nomes aos “bois”, em outras palavras, escolha um nome para esses pensamentos, porque eles não são você de verdade, são apenas pensamentos. Vamos de história? Simmm…

Geordino é um homem extremamente competente, e desde a sua virada de chave na vida, descobriu que tem perfil empreendedor e sonha grande com isso. Pois bem, eis que me surge uma oportunidade incrível para desenvolver um negócio, mas na hora de assinar o contrato com seus sócios, Geordino começa a alucinar com as perguntas do item 5 descrito acima. Contudo, como ele já tem consciência que sofre da Síndrome do impostor, inclusive a chama de “macaco velho”, Geordino diz em voz alta: desta vez macaco velho, você não vai atrapalhar a realização do meu sonho, porque eu, Geordino, sou um homem extremamente competente para isso e você, é apenas um pensamento….

Uauu!! Gostaram? Faz sentido? Então vamos juntos realizar todos os nossos desejos, porque a vida acontece aqui e agora. Um beijo no coração e até a próxima coluna.

Drª Aretuza Lattanzi

Drª Aretuza Lattanzi

Fundadora do movimento inteligência holística, estrategista, mentora, palestrante e escritora.