A crise chegou, e agora? Autoliderança, posicionamento e a teoria do holofote

A crise chegou, e agora? Autoliderança, posicionamento e a teoria do holofote

Comece com este princípio em mente: todos nós, de alguma forma, somos ou podemos ser líderes. E sabe qual a melhor notícia? Você não precisa ter um negócio para exercer esse papel. A sua vida deve ser o seu maior projeto e quando temos essa clareza, a magia acontece: você descobre que é um líder, independente de qualquer circunstância externa.

Aí , você me pergunta – Aretuza, o que é ser um líder da própria vida? Ahãnnn, chegamos onde eu queria chegar, no conceito de autoliderança e esta competência deve significar na sua vida como o “Livro de Gênesis” na Bíblia Sagrada, o início de todas as coisas. A autoliderança é a habilidade de liderar a si mesmo, através de uma influência intencionada e consciente, sobre os nossos próprios pensamentos, emoções e comportamentos com a finalidade de atingir metas e objetivos previamente estabelecidos.

Por que estou escrevendo sobre isso? Óbvio que não podemos ignorar a crise que estamos vivendo, mas é importante ressaltar que o mundo não será o mesmo após este evento aleatório provocado pelo nosso inimigo invisível, o famoso covid-19. O nosso comportamento está mudando em todas as esferas, logo, as demandas do mercado também mudarão. E para você estar preparado para o “novo mundo” é imprescindível entender sobre a importância da autoliderança como o princípio de todas as coisas na sua vida. Hoje, as habilidades mais requisitadas do mercado são: capacidade de adaptação, flexibilidade cognitiva e inteligência emocional. E olha que mágico: você pode sim, desenvolvê-las.

Mas Aretuza, o que isso tem a ver com a teoria do holofote? Onde está o foco do seu olhar, está a sua energia. Portanto, foque em você e seja estratégico nas suas escolhas. Em certos momentos, é melhor exercer o papel da tartaruga que da lebre. É hora de buscar autoconhecimento para se fortalecer e não ficar tão susceptível às variáveis externas. Ou você acredita que a vida é linear e esta crise será a última? Então, você também acredita no coelhinho da Páscoa?

O meu convite é: se fortaleça por dentro para depois buscar lá fora. Aí sim, você será capaz de se posicionar de acordo com os seus valores e com o que deseja realizar. E quando você atinge este nível, você tem o ouro. E quem tem o ouro, faz as regras. Porque o mais difícil é dizer “não” para as possíveis ofertas “boas” que possam aparecer no meio do caminho…

A essência da maestria esta na consistência. Um beijo no coração e até a próxima coluna.

Drª Aretuza Lattanzi

Drª Aretuza Lattanzi

Fundadora do movimento inteligência holística, estrategista, mentora, palestrante e escritora.