Chuva alaga centro de Itaocara e ruas de Miracema; árvores caíram

Chuva típica de verão alaga centro de Itaocara e ruas de Miracema; árvores caíram

Após uma tarde quente e abafada, a Rua São José, no Centro de Itaocara, voltou a alagar com uma pancada de chuva típica de verão nesta quarta-feira (5/02). O alagamento ocorreu exatamente no trecho onde a Secretaria de Obras havia feito uma intervenção para minimizar os alagamentos no final do ano passado.

Essa chuva também caiu forte na cidade de Miracema, no Noroeste Fluminense, no começo da noite desta quarta-feira (05). Algumas ruas alagaram e uma árvore caiu sobre um carro estacionado. O pluviômetro do Centro Nacional de de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) registrou 34,2 milímetros, sendo que a metade desse volume caiu no intervalo de apenas 10 minutos.

Em Itaocara, choveu forte por cerca de 25 minutos no Centro. O acumulado chegou a 24,6 milímetros no pluviômetro do Cemaden, instalado no quartel do Corpo de Bombeiros. O quartel, também situado na R. São José, teve a garagem alagada. Na via, carros conseguiam passar, apesar do trânsito lento. A água escoou rapidamente depois que a chuva típica de verão cessou.

Mas não havia nenhum alerta emitido por órgãos oficiais de meteorologia para temporais na região Noroeste Fluminense. Pois às 17h28, o Cemaden-RJ emitiu um alerta hidrológico de atenção (risco moderado de alagamentos ou enxurradas) para todo o Norte e Noroeste.

Pelo seu perfil no Facebook, o prefeito de Miracema, Clovinho Tostes, informou que muitas árvores caíram na RJ-116, na saída para Venda das Flores. Pois algumas árvores chegaram a bloquear os dois sentidos.

Informações do Folha Itaocarense

Serra News

Serra News

O melhor portal de notícias da Região Serrana do Rio de Janeiro.