Semana 16: Detox Emocional – Maledicência

Semana 16: Detox Emocional – Maledicência / Coluna Drª Aretuza Pires Lattanzi

Detox Emocional 16: Geórgia e Carlota trabalham no mesmo setor de uma empresa e aparentemente se dão muito bem. Geórgia é uma pessoa muito disciplinada e comprometida com suas metas, mesmo assim, conduz tudo com muita leveza e naturalidade. Carlota também possui essas características, contudo, tem um péssimo hábito de criticar a vida das outras pessoas em todas as esferas. Geórgia como não gosta de perder produtividade e acredita que ouvir falar da vida dos outros é uma perda de tempo, começou a se afastar e a ficar em silêncio quando Carlota começava a falar. Mesmo com sua boa habilidade de autocontrole desenvolvida ao longo de anos, Geórgia se sentia contaminada com essa energia negativa ao ponto de sentir angústia.

As pessoas que possuem esse péssimo hábito, geralmente têm um padrão de perfeccionismo, mas ao mesmo tempo, possuem sentimento de inferioridade. Além disso, são extremamente vazias e acreditam firmemente que criticando a vida dos outros, os holofotes se voltarão para elas, o que automaticamente faz com que elas se sintam melhores.

Meus caros leitores, com efeito, todo comportamento tem uma intenção positiva. Perceberam a intenção positiva da Carlota ao criticar a vida dos outros? Ela não faz por mal, ela faz porque possui uma intenção positiva na vida dela, ou melhor, faz com que ela se sinta bem. E vou além, hoje com a febre das redes sociais, o que mais vemos são indiretas sendo postadas e críticas sendo realizadas deliberadamente.

Ah, existem até pessoas que gostam de falar mal dos outros para nos instigar a falar também, e depois até saem dizendo que nós que estávamos falando…portanto: orai e vigiai!

Amores da minha vida, isso é muito deselegante, não somente nas redes sociais, mas no dia a dia também. O que está faltando aí dentro que a grama do vizinho está lhe incomodando tanto? O que está faltando aí dentro que a grama do vizinho é mais importante e valiosa que a sua? Reflita…pense…olhe para dentro. Lembre-se nunca rebata o mal com o mal e nem dê corda para quem possui essa mania. Seja um agente que semeia compaixão, amor, leveza e alegria.

Vou contar uma coisa para vocês: pessoas que não dão corda para o mal possuem um brilho encantador, além de exalar autoestima e autoconfiança. Vamos?

Práticas da semana contra a maledicência: Imagine uma situação onde uma pessoa começa a falar mal de outra com você: alternativas (mas pode utilizar mais de uma) 1. Diga para essa pessoa que você não está interessada em saber. 2. Permaneça em silêncio. 3. Mude de assunto. 4. Peça licença e saia de perto. Outra situação onde você sinta vontade de postar algo, pergunte-se: 1. O que eu vou postar poderá soar como indireta para alguém? 2. O que vou postar agregará na vida do outro positivamente? Outra situação quando você se pegar pensando mal ou desejando falar mal de alguém: 1. Diga para você: oi pensamento, tchau pensamento. 2. Procure alguma atividade para fazer, como ler um livro, ouvir uma música, estudar, orar, malhar, passear, fale uma frase bonita…ou até…permaneça em silêncio.

Vamos juntos nessa corrente do bem? Gostaram da coluna Detox Emocional 16? Compartilhe com seus amigos! Um beijo no coração de todos e até a próxima coluna.

Veja também: