Gás de cozinha sofre novo reajuste e sobe 5%

Gás de cozinha sofre novo reajuste e sobe 5%

A Petrobras aumentou em 5%, nas refinarias, o preço do Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), a partir desta sexta-feira (27/12). A alteração ocorre um dia após a estatal ter anunciado que o gás natural deve cair cerca de 10% após a revisão de contratos com 12 distribuidoras estaduais do produto.

O reajuste é válido para todos os tipos de gás liquefeito de petróleo (GLP), do residencial ao uso industrial e comercial, vendido em botijões de 13 a 90 quilos.

O impacto para o consumidor deve girar em torno de 2% a 3%, já que a realização da Petrobras representa 38% do preço, sendo os outros custos distribuídos entre tributos e comercialização.

Segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), o preço médio do botijão de gás, de 13kg, era de R$ 69,11 em novembro.

Este é o terceiro aumento em três meses consecutivos. Em outubro, a alta foi de 5%, em novembro a companhia reajustou em 4% o preço do gás de cozinha e agora em dezembro, sofre mais este aumento.

Veja também: