Macuco: Égua resgatada no bairro Barreira não resiste e morre

Égua resgatada em Macuco após ficar agonizando não resiste e morre

Morreu na manhã deste sábado (23/11) a égua que caiu do barranco e foi abandonada para morrer na rua no Araponga, no bairro Barreira, em Macuco.

O animal só foi retirado após três dias agonizando na rua, na tarde de sexta-feira (22), com ajuda de uma máquina da Prefeitura após denúncia da ONG Ser da Terra.

A égua caiu do barranco e foi abandonada por seu dono. O animal foi regatado em situação crítica, pois passou fome e ficou agonizando com ferimentos por três dias na chuva.

Égua é deixada na rua para morrer no bairro Araponga, em Macuco

Segundo a Prefeitura de Macuco, um boletim de ocorrência foi registrado para se apurar eventual prática do crime de maus-tratos contra o animal.

A ONG Ser da Terra, que acompanhou o caso, agradeceu a todos que se mobilizaram em prol do animal. Ao Serra News, a organização emitiu nota:

Infelizmente a nossa amiga não resistiu, pois estava muito fraca e com uma anemia muito forte.

Apesar de todos os cuidados recebidos, agora é buscar na justiça localizar e responsabilizar o dono e fazer com que sirva de exemplo.

Rodrigo Cuco Macuco Macuco obrigado por sua dedicação e por estar sempre presente ao lado dela.

Obrigado prefeito Bruno Boaretto por não medir esforços para recuperar a nossa amiga.

Obrigado Dra. Clara Daflon mesmo distante e em vídeo conferência conseguiu dar uma atenção a nossa amiga!

Obrigado ao Nado, porque às 21h abriu sua loja para doar medicação para a nossa amiga, que DEUS te abençoe sempre.

E um agradecimento especial aos voluntários que moram na localidade que se dedicaram muito a ela a noite!

Reveja o vídeo: