Trecho da RJ-116 é liberado parcialmente e flui em sistema de pare e siga

Trecho da RJ-116 é liberado parcialmente e flui em sistema de pare e siga

Já está liberado, em sistema de pare e siga, o trecho da RJ-116, na localidade de Boca do Mato, em Cachoeiras de Macacu, que faz ligação com a cidade de Nova Friburgo, na Região Serrana. A estrada foi interditada após queda de barreira na última quinta-feira, dia 10 de outubro.

Leia: Queda de barreira suspende tráfego na RJ 116, em Cachoeiras de Macacu

A concessionária Rota 116 informou em nota que “sempre que ocorrer chuva no trecho em obras, o tráfego de veículos na ligação entre Nova Friburgo e Cachoeiras de Macacu será suspenso na RJ-116 e a sua liberação ocorrerá após análise da equipe técnica.”

Em caso de suspensão preventiva, os motoristas deverão aguardar em local seguro, se programarem para viajar após a reabertura da pista ou optar pelos trajetos alternativos que são:

Aqueles que se deslocam em direção a Nova Friburgo e cidades do Centro Norte do estado devem na altura do KM 33, em Cachoeiras de Macacu, entrar na RJ 122 e seguir até a BR 116 para depois entrar na RJ 130 (Tere x Friburgo) retomando a RJ 116.

Motoristas que seguem de Nova Friburgo em direção a BR 101 podem usar a Rodovia Serrramar (RJ 142) onde é proibida a circulação de caminhões. Nessa via, o motorista chegará à BR 101 no município de Casimiro de Abreu.

Na última semana, após o deslizamento, as defesas civis de Cachoeiras de Macacu e Nova Friburgo, assim como a do estado do Rio de Janeiro, visitaram o local para avaliação. A retirada dos escombros só foi autorizada pelos órgãos na noite de sexta, para que a obra pudesse ser iniciada no sábado.

Máquinas, equipamentos e 40 operários foram disponibilizados pela concessionária para a desobstrução da via. A obra começou às 6h de sábado e a via só foi liberada, parcialmente, às 19h do mesmo dia. As intervenções no local ainda não têm data para acabar.

Durante o período em que a rodovia esteve fechada, os motoristas faziam o desvio pela BR-130, que liga o município de Teresópolis a Nova Friburgo, o que aumentava o percurso em mais de 70 quilômetros.