Morre uma das mulheres queimadas por homem em Friburgo

Morre uma das mulheres queimadas por homem em Friburgo

A direção do Hospital Estadual de Traumatologia e Ortopedia da Baixada Fluminense Vereador Mechialdes Calazans confirmou que Daniela Mousinho da Silveira, de 47 anos, morreu na manhã desta quarta-feira, 9. Produtora rural, Daniela estava na casa da amiga artista plástica e estilista Alessandra Vaz, no condomínio Parque dos Alpes, na estrada Mury-Lumiar, em Nova Friburgo, incendiada na noite da última segunda-feira, 7, pelo ex-companheiro de Alessandra, Rodrigo Marotti, de 30 anos.

A delegada Mariana Thomé, titular da DEAM (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) de Nova Friburgo, disse que Rodrigo Alves Marotti, de 30 anos, não demonstrou remorso ao confessar que incendiou a casa com a ex e uma amiga. Na manhã desta quarta-feira, 9/10, ele foi transferido para presídio no Rio de Janeiro.

De acordo com a polícia, ele responderá a processos pelos crimes de feminicídio e roubo. Uma das vítimas segue internada em estado de saúde considerado muito grave.

Veja o caso: Homem tranca mulheres no banheiro e ateia fogo na casa

CRIME BÁRBARO CHOCOU FRIBURGO

A Polícia Militar prendeu na madrugada desta terça-feira, 8/10, o homem acusado de colocar fogo em um imóvel residencial no Condomínio Parque dos Alpes, na RJ-142 (Mury/Lumiar). No imóvel estava a ex-companheira e uma amiga, que tiveram 90% do corpo queimados. O fato ocorreu no final da noite desta segunda-feira, 7/10.

O acusado trancou as duas num dos cômodos, antes de atear fogo no imóvel. Ele também teria atacado a ex-companheira com golpes de tesoura na mão e nádegas.

Uma delas foi trasferida para hospital particular e a outra foi removida para unidade especializada em tratamento de queimados na Baixa Fluminense, mas infelizmente veio a óbito na manhã de hoje.

O acusado foi preso em Lumiar horas depois de cometer o crime bárbaro. Segundo a Polícia Civil, Rodrigo Alves Marotti, de 30 anos, contou em depoimento que tinha uma sociedade com a ex, de 47 anos, e que ela não estava cumprindo a parte dela no acordo após o fim do relacionamento, “o que o levou a perder a cabeça”.