Pastor nega que teria prometido ressuscitar mulher de idoso, em Pádua

O pastor investigado por ter prometido ressuscitar a mulher de um idoso por dinheiro em Santo Antônio de Pádua, no Noroeste Fluminense, prestou depoimento nesta quarta-feira (25/09) e negou a acusação, segundo a Polícia Civil.

O pastor investigado por ter prometido ressuscitar a mulher de um idoso por dinheiro em Santo Antônio de Pádua, no Noroeste Fluminense, prestou depoimento nesta quarta-feira (25/09) e negou a acusação, segundo a Polícia Civil.

Veja o caso: Pastor de Pádua é acusado de aplicar golpe para ressuscitar mulher

De acordo com o delegado responsável pelas investigações, Vilson de Almeida, o homem compareceu à 136ª Delegacia de Polícia (DP). Ele é investigado pelo crime de estelionato.

A polícia não deu outros detalhes sobre o relato do pastor, mas informou que a investigação segue em andamento e que outras testemunhas serão ouvidas ainda nesta semana.

A família do idoso registrou o caso na delegacia no dia 19 de setembro. Na ocasião, disse à polícia que a mulher do idoso morreu há cinco meses e que ele pagou cerca de R$ 14 mil ao pastor para tê-la de volta.

Já a vítima confirmou que comprou arcas do pastor com a promessa de que a mulher ressuscitaria. Segundo o delegado, foram quatro arcas pequenas de R$ 500 e duas grandes de R$ 5.900.

No último dia 25/09, a polícia informou que as barcas já foram apreendidas e encaminhadas para a perícia.

Serra News

Serra News

O melhor portal de notícias da Região Serrana do Rio de Janeiro.