O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

Transferência de clientes da Unimed-Rio para Unimed Ferj escancara crise

A Unimed-Rio vai transferir todos os beneficiários para a Unimed Ferj, outra cooperativa. O processo de migração dos consumidores já acontece desde abril. A Unimed-Rio continuará suas atividades como prestadora de serviços de saúde, mas encerrará suas atividades como operadora de plano de saúde. O atendimento aos consumidores não será interrompido, segundo a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Mais de 452 mil beneficiários em planos de assistência médica e cerca de 33 mil clientes em planos odontológicos serão afetados pela mudança. A Unimed Ferj vai ficar responsável pela dívida assistencial da Unimed-Rio e vai assumir o hospital e os prontos atendimentos da empresa. Não está claro o que ocorrerá com os diversos fornecedores a quem deve a Unimed Rio.

Crise na Unimed-Rio

O momento de incertezas vivido pela Unimed-Rio pode ser traduzido pelo desequilíbrio financeiro da empresa. Fontes do Diário do Rio afirmam que a companhia acumula dívidas com fornecedores, como revelou o colunista Quintino Gomes Freire. Além disso, a empresa, que é proprietária de quatro andares inteiros no moderno edifício comercial Shopping Paço do Ouvidor, na esquina da Rua Uruguaiana com a Gonçalves Dias e Rua do Ouvidor, está devendo diversos meses do condomínio dos 4 andares , em quantia que já totaliza centenas de milhares de reais. Procurada pela reportagem, a administradora do Condomínio preferiu não se pronunciar.

ANS orienta beneficiários

Depois do anúncio da Unimed-Rio sobre portabilidade de carências, a ANS emitiu novas orientações para os beneficiários. Segundo a agência, os dados dos consumidores ainda estão em processo de migração e não estão disponíveis no sistema do Guia ANS de Planos de Saúde, ferramenta usada para pesquisa de planos de saúde no mercado de saúde suplementar.

Para exercer o direito à portabilidade, os ex-beneficiários da Unimed-Rio devem observar algumas orientações específicas.

Ao acessar o Guia ANS de Planos de Saúde para a Portabilidade de Carências, eles precisam inserir o número de registro da operadora Unimed FERJ, bem como o número de registro do plano de saúde que possuíam na Unimed-Rio, conforme consta em sua carteirinha ou contrato.

Além disso, devem confirmar que o vínculo do beneficiário ao plano está ativo, indicar o motivo para a portabilidade – nesse caso, a troca de plano por escolha do beneficiário – e informar a data de adesão à operadora Unimed-Rio.

A ANS disponibilizou um canal específico por meio de sua central de atendimento telefônico. Os beneficiários podem ligar para o Disque ANS pelo 0800 701 9656, onde encontrarão uma opção de direcionamento para esclarecimento de dúvidas sobre a transferência da carteira entre as operadoras. O serviço é gratuito e está disponível de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, exceto em feriados nacionais.

A ANS ainda mantém outros canais de atendimento ao consumidor, como o formulário eletrônico Fale Conosco na Central de Atendimento ao Consumidor, no site da ANS, núcleos presenciais nas cinco regiões do país (com agendamento online pelo site da ANS) e uma central de atendimento exclusiva para deficientes auditivos, no número 0800 021 2105.

Fonte: Diário do Rio

Veja também
error: Content is protected !!