O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

MPRJ investiga suposto esquema de corrupção no Detran de Nova Friburgo

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da Promotoria de Justiça de Investigação Penal de Nova Friburgo, realizou no último dia 30 de março, em parceria com a 151ª DP e com o apoio da Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI/MPRJ), a primeira fase da Operação Vista Grossa, que cumpriu sete mandados de busca e apreensão em uma investigação sobre a prática dos crimes de corrupção passiva, associação criminosa e lavagem de dinheiro no Detran de Nova Friburgo.

A partir da informação de uma pessoa, que teve sua identidade preservada, a Promotoria de Justiça de Investigação Penal de Nova Friburgo teve ciência de um possível esquema de corrupção no posto de vistoria do Detran de Nova Friburgo. A partir daí, ingressou com uma medida cautelar de busca e apreensão dos telefones celulares das pessoas investigadas e de quebra de sigilo bancário dos envolvidos, já que a notícia revelava que as negociações ocorriam por meio de aplicativos de mensagens e vários pagamentos ocorriam por transferência, via pix. As medidas foram deferidas pelo Juízo da Segunda Vara Criminal da Nova Friburgo.

Os celulares apreendidos na operação foram remetidos à Divisão Especial de Inteligência Cibernética da Coordenadoria de Segurança e Inteligência do MPRJ (DEIC/CSI/MPRJ), para a extração dos dados. Após a análise do conteúdo dos aparelhos e das informações bancárias, será analisada a necessidade de deflagração de outras fases das investigações, diante do possível envolvimento de outras pessoas no esquema ilícito.

Veja também
error: Content is protected !!