O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

Abril: Arte, Educação e Cultura é tema da Mostra da Socioagrobiodiversidade

A terceira edição da Mostra da Socioagrobiodiversidade encantará o público na Usina Cultural de Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio, com muita “Arte, Educação e Cultura”, afinal, essa é a temática desta versão, que acontecerá no próximo dia 08 de abril (sábado), das 9h às 19h, e trará abordagens em manifestações culturais de base socioeducativa, que envolvem referências, resgate, saberes e memórias relacionadas a formação sincrética do povo brasileiro. Vale lembrar que a entrada é franca.

Folia de Reis, Jongo, Mineiro-pau, os palhaços Moitas (da localidade de Rio Bonito de Lumiar), artes e artesanatos que envolvem os aspectos da socioagrobiodiversidade (feitos a partir da matéria-prima natural, fibras naturais, sementes, etc.), tecidos ou tecelagens com técnicas de impressão orgânica; corais de cantos e música e resgates ancestrais através de instrumentos como tambores, todas essas manifestações culturais estarão presentes para o deleite do público.

O consultor da Mostra, Alessandro Rifan, diz que “esse tema é o mais popular e o abordaremos com base no conceito da socioagrobiodiversidade. Queremos dizer com isso, que pretendemos trazer experiências consideradas como processos organizativos, como mutirões, processos de resgates de ancestralidades, dos saberes tradicionais, mostraremos muito da cultura popular, não exatamente arte e cultura de entretenimento, ao contrário, mostraremos outro aspecto, justamente do conceito da socioagrobiodiversidade”, explica.

Como houve nas edições anteriores, ainda haverá a Feira Biocultural com a participação de cerca de 20 expositores, a Roda de Conversa que falará sobre as experiências de Patrick Nogueira (Projeto Circo Viva) falando sobre o “O circo no imaginário cultural rural Fluminense”; Leonardo Voigt (UFRRJ/CEFFA CEA Rei Alberto I) explanará sobre os “Aspectos Culturais da Pedagogia da Alternância e da Educação do Campo: cultura, arte e educação em perspectivas decolonial”; Felipe Knupp (Folia de Reis N. Sra. de Fátima) que conversará sobre o resgate da Folia de Reis e Mineiro Pau. Essa Roda de Conversa para lá de interessante será mediada por Silvia Araujo, arte-educadora, atriz, pedagoga, e integrante da Companhia Arteira.

Já a Oficina Socioeducativa será com Marjorie Botelho e Luiza Borba (Ecomuseu Rural e Tesouros da Terra) com “Experiências de Educação Patrimonial em territórios rurais: Vivência Interativa”.

As apresentações de expressões culturais dessa edição serão o cortejo percussivo Baque Rebate das Montanhas (Maracatu) e Odu Axé (Dança Afro) e ficarão por conta de Emerson Santana e Moara Ananindeua.

A exposição fotográfica terá cliques de acervos pessoais de Alê Rifan, Marcella Azal, Marcelo da Graça, Patrick Nogeira, Pedro Kiua e Regina Lo Bianco.

A organização da Mostra da Socioagrobiodiversidade informa ainda que está aberta a Chamada Pública para quem desejar participar das duas últimas edições da Feira Biocultural (Paisagens, águas e florestas, e Luta pela terra). As inscrições são gratuitas. Os critérios de participação estão disponíveis em um formulário, cujo link está divulgado nas redes sociais da mostra: Facebook e Instagram.

A Mostra da Socioagrobiodiversidade é uma realização de Na Rede com Scheila, tem patrocínio da Energisa e do Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria Estadual de Cultura e Economia Criativa, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, e conta ainda com o apoio da Fundação Ormeo Junqueira Botelho, além das parcerias com a Universidade Federal do Rio de Janeiro – (Centro de Filosofia e Ciências Humanas – CFCH / Instituto de Psicologia – IP / Diretoria Adjunta de Extensão – DAEXT), com o Programa de Extensão Saberes e Ocupações Tradicionais; com a Reserva Ecológica Rio Bonito de Lumiar- Rebio, e com os projetos Takakurando, Organokits, Reciclotrom e Instituto Araticum.

Atividades

  • 9h – Abertura
  • 9h às 19h – Feira Biocultural e Exposição Fotográfica
  • 10h às 12h – Oficina Socioeducativa (terraço)
  • 14h às 16h – Roda de Conversa (Salão Nobre) 17h – Expressão Cultural (Teatro)
  • 19h – Encerramento

Evento

  • Mostra da Socioagrobiodiversidade
  • Tema de março: Arte, Educação e Cultura
  • Data e hora: 08 de abril de 2023 (sábado) – 9h às 19 horas
  • Local: Usina Cultural Nova Friburgo (Rua Dante Laginestra – Centro)
  • Classificação: Menores de 16 anos acompanhados
  • Entrada franca.

Plantas aromáticas e ervas medicinais é tema da Mostra da Socioagrobiodiversidade

Empresas apoiam a informação de qualidade

Veja também
error: Content is protected !!