O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

Plantas aromáticas e ervas medicinais é tema da Mostra da Socioagrobiodiversidade

Plantas aromáticas e ervas medicinais – esse é o tema da 2ª edição da Mostra da Socioagrobiodiversidade que acontecerá no próximo dia 11 de março, sábado, das 9h às 19h, na Usina Cultural Energisa Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio, com entrada gratuita. Será um dia inteiro com ampla programação que contará com atividades como a Feira Biocultural, Oficina Socioeducativa, Roda de Conversa, Exposição Fotográfica e apresentação de Expressão Cultural.

Esse é o segundo tema, do total de seis, que faz parte da Mostra da Socioagrobiodiversidade, que acontecerá até julho, sempre no segundo sábado de cada mês. A temática “Plantas aromáticas e ervas medicinais” traz abordagens em saúde popular que envolve o autocuidado, terapias integrativas, cosmética natural, o cultivo, o uso e a produção de plantas aromáticas e/ou ervas medicinais (óleos essenciais, substâncias terapêuticas e/ou de cura); além da explanação dos saberes tradicionais e o uso de ervas, remédios caseiros, pomadas, tinturas, chás, erveiras, parteiras, rezadeiras, etc.

A Oficina Socioeducativa abordará “A medicina de quintal” como tema e será ministrada pela veterinária e educadora ambiental, Jane Mattos, que atua há mais de 15 anos com tinturas, óleos essenciais, hidrolatos e extratos vegetais. Já a Roda de Conversa contará com as presenças de Grasiele Nespoli, pesquisadora da Fiocruz e da UFRJ (Instituto Nutes), que falará sobre “Educação, Saúde e Plantas Medicinais”; Ianielle dos Santos, produtora rural e integrante da Redefitovida Serrana, que abordará o tema “Saúde Popular”; Frederico Reis, instrutor do Instituto de Homeopatia e Terapias Populares (IHTEPO), que conversará sobre “Homeopatia Popular”; tendo como mediadora, Maria José Porto, proprietária da empresa Herbal Lumiar.

Ainda faz parte da programação a Exposição Fotográfica, com registros de acervos particulares de Alê Rifan, Anderson Möller, Cheiro de Deus; Coletivo Grãos de Luz; Magueutika; Mãos de Luz; Marcelo da Graça; Maria Luiza Campos; Redefitovida Serrana; Sítio Recreio e Terra Yporã. Todas as fotografias com abordagens da socioagrobiodiversidade regional.

Outra atração interessante será a apresentação da Expressão Cultural com a Folia de Reis Mirim “Bandeira Pena de Ouro”, do Alto de Olaria, formada por cerca de 30 crianças e jovens com idades entre 6 e 17 anos. A mestra da folia, Gabriella Laudelino, que reza as profecias e toca a sanfona, tem apenas 16 anos, e é a responsável por manter a tradição familiar de gerações.

Nesta segunda versão da Mostra da Socioagrobiodiversidade acontecerá a apresentação do Coletivo Grãos de Luz, um grupo guardião dos saberes tradicionais dos erveiros, benzedeiras/rezadeiras e parteiras do distrito de Lumiar, em Nova Friburgo.

Assim como aconteceu no primeiro encontro, essa edição terá 17 expositores na Feira Biocultural, com diferentes formações e atuantes na cadeia da Socioagrobiodiversidade, que estarão expondo produtos, atividades, experiências ou ações de base sustentável. Conheça cada expositor e seus produtos/serviços: Bertha Regina Ignácio (terapias naturais, tinturas, unguentos e pomadas de plantas medicinais); Jane Luci Mattos (cosméticos artesanais, perfumes botânicos e tinturas fitoterápicas); Rosana Oliveira Gonzaga (jardim sensorial); Suzana Nogueira Orenstein (óleos essenciais e hidrolatos); Christiane Azevedo Rodrigues (cosméticos naturais, chás orgânicos e produtos de bem estar e higiene); Ianielle Moreno dos Santos (saúde popular e ervas medicinas);

A 2ª Mostra da Socioagrobiodiversidade é uma realização de Na rede com Scheila, tem patrocínio da Energisa e do Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria Estadual de Cultura e Economia Criativa, através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura. O evento conta ainda com o apoio da Fundação Ormeo Junqueira Botelho, além das parcerias com a Universidade Federal do Rio de Janeiro – (Centro de Filosofia e Ciências Humanas – CFCH / Instituto de Psicologia – IP / Diretoria Adjunta de Extensão – DAEXT), com o Programa de Extensão Saberes e Ocupações Tradicionais; com a Reserva Ecológica Rio Bonito de Lumiar- Rebio, e com os projetos Takakurando, Organokits, Reciclotrom e Instituto Araticum.

Atividades

  • 9h – Abertura da segunda edição da 1ª Mostra da Socioagrobiodiversidade;
  • 9h às 19h – Feira Biocultural (produtores locais e regionais) e exposição fotográfica – acervos particulares de: Alê Rifan, Anderson Möller, Cheiro de Deus; Coletivo Grãos de Luz; Magueutika; Mãos de Luz; Marcelo da Graça; Maria Luiza Campos; Redefitovida Serrana; Sítio Recreio e Terra Yporã;
  • 9h15 – Apresentação do Coletivo Grãos de Luz (Teatro);
  • 10h às 12h – Oficina Socioeducativa: “A medicina do quintal”, com Jane Mattos (Terraço);
  • 14h às 16h – Roda de Conversa – Experiências (Salão Nobre): Grasiele Nespoli – pesquisadora da Fiocruz e da UFRJ (Instituto Nutes) falará sobre “Educação, Saúde e Plantas Medicinais”; Ianielle dos Santos – da Redefitovida Serrana, que abordará o tema “Saúde Popular”; Frederico dos Reis – instrutor do Instituto de Homeopatia e Terapias Populares (IHTEPO), que conversará sobre “Homeopatia Popular”; Maria José Porto (Mediadora) – proprietária da empresa Herbal Lumiar;
  • 17h – Expressão Cultural (Teatro): Apresentação da Folia de Reis Mirim “Pena de Ouro”;
  • 19h – Encerramento.

Serviços

  • 1ª Mostra da Socioagrobiodiversidade
  • Tema de março: Plantas aromáticas e ervas medicinais
  • Data e hora: 11 de março de 2023 (sábado) – 9h às 19 horas
  • Local: Usina Cultural Nova Friburgo (Rua Dante Laginestra – Centro)
  • Classificação: Menores de 16 anos acompanhados
  • Entrada franca.
  • FacebookInstagram
Veja também
error: Content is protected !!