O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

Legislativo cantagalense cria Comenda Cultural Rafael Silva Carvalhaes

Na sessão de quinta-feira, 14/07, o Poder Legislativo de Cantagalo, na Região Serrana do Rio, aprovou por unanimidade a criação da Comenda Cultural Rafael Silva Carvalhaes, de autoria do vereador Pulunga (Patriota), que vai homenagear um cantagalense anualmente voltado ao ramo artístico-cultural.

Na mesma sessão, também foi aprovada uma lei de autoria do vereador Matheus Arruda (PP), que dá o nome da sala de espetáculos do Centro Cultural Professora Amélia Thomás, de Sala de Espetáculos Rafael Silva Carvalhaes. O centro cultural está localizado na Rua Maestro Joaquim Antônio Naegele, não foi inaugurado, mas as obras estão em fase final.

Na justificativa do projeto, o vereador Matheus Arruda (PP) enalteceu a representatividade do ex-secretário, ex-vereador e carnavalesco Rafael Silva Carvalhaes, que faleceu aos 46 anos, no dia 19 de abril de 2022. Ele lutava contra um câncer e chegou a ser contaminado pelo vírus da Covid-19.

“A propositura do presente Projeto de Lei tem o intuito de reconhecer e perpetuar o nome do ilustre cantagalense Rafael Silva Carvalhaes, que foi um verdadeiro expoente da riqueza cultural e histórica do município de Cantagalo, além de ter tido uma brilhante carreira na vida pública” – diz parte da justificativa.

Rafael Carvalhaes foi o vereador mais votado nas eleições de 2012, onde veio a exercer suas funções no Legislativo Cantagalense entre 2013/2017. Levantava lutas pelas bandeiras que defendia, realizando indicações e se dedicando fielmente a leis benéficas ao município. Chegou a concorrer as eleições de 2016, mas não retornou ao Poder Legislativo.

Simpatizante, entusiasta e amante do Carnaval, Rafael também exerceu por vezes a função de secretário de Cultura e Turismo de Cantagalo, resgatando a cultura e história local e engajando projetos importantes de entretenimento como o Música na Praça, Sarau e o Garota Cantagalo, entre vários outros.

Ele também trabalhou – desde sua infância – na Drogaria JK, onde tratava com muito amor, carisma e simpatia todas as pessoas que atendia como balconista. Rafael era sinônimo da arte, da cultura, da música, do turismo e, principalmente, do amor por sua terra. Ele deixou uma lacuna intransponível nos corações dos cantagalenses, familiares e amigos.

Cantagalo perde Rafael Carvalhaes: ex-secretário, ex-vereador e carnavalesco

Veja também
error: Content is protected !!