O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.
lateral-160×200
lateral-160×200

Polícia prende suspeitos de matar e roubar dono de bar em Macuco

Megaoperação da Polícia Civil do RJ prende 416 acusados de crimes no Estado

Policiais civis da 154ª DP (Cordeiro) prenderam duas pessoas envolvidas no latrocínio de Wagner de Paula Medeiros, vulgo “Chará”. O corpo da vítima foi encontrado no quarto de sua casa – anexo ao bar – no município de Macuco, na Região Serrana do Rio. O crime foi divulgado pelo portal Serra News.

Segundo as investigações, na última quinta-feira (04/02), os agentes foram comunicados sobre um homicídio ocorrido nas imediações da RJ-116, próximo ao DPO de Macuco. De imediato, a equipe foi até o local e constatou que a vítima teve pés e mãos amarrados e estava com um pano sobre a cabeça. De acordo com a Polícia Civil, o dono de bar foi morto com golpes de barra de ferro.

Na madrugada de sexta-feira (05/02), um dos suspeitos foi localizado e conduzido para a delegacia, onde confessou o crime e indicou a participação do outro comparsa. A 154ª DP entrou com pedidos de prisão temporária dos autores, que foram decretados pela Justiça, e os dois acusados foram presos, na sexta-feira.

Latrocínio

O homem identificado como Wagner de Paula Medeiros, vulgo “Chará”, foi encontrado morto dentro de sua residência – anexa a um bar – no município de Macuco. O caso ocorreu na manhã de quinta-feira (4/02), na Rod. Presidente João Goulart, próximo ao DPO de Macuco.

A Guarda Municipal foi acionada para verificar mau cheiro na localidade por volta de 11h. Ao levantar a porta de um bar e adentrar no recinto, a vítima foi encontrada morta. Imagens de câmeras de segurança ajudaram nas investigações, onde dois suspeitos foram presos pela Polícia. O dono de bar foi encontrado com os pés e as mãos amarradas e um pano na cabeça.

Dono de bar é encontrado morto dentro do estabelecimento em Macuco

 

 

Este site usa cookies para melhorar sua experiência. Presumiremos que você está ciente disso, mas você pode cancelar se desejar. Aceitar Leia mais