Fotógrafo de Nova Friburgo registra linda foto do eclipse parcial solar

Fotógrafo de Nova Friburgo registra eclipse parcial solar

O eclipse parcial solar que aconteceu na tarde segunda-feira (14) foi registrado pelo fotógrafo Jalmirez Silva, em Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio. Mesmo com o céu parcialmente nublado, foi possível registrar o fenômeno astronômico em que uma parte do Sol é encoberta pela Lua. O eclipse foi registrado exatamente às 13:56h e teve o auge por volta das 14h.

Como é preciso ter um filtro especial acoplado à câmera para observar o sol, Jalmirez precisou ser criativo para conseguir fotografar o fenômeno. Ele usou vidro e vela e criou uma lente. Registrar um eclipse parcial do sol, não pode ser feito com o método comum de se fotografar.

“Ninguém fotografa o sol de frente sem uma máscara de proteção. Então, eu improviso uma com vela e vidro. Vai com o vidro por cima da chama da vela e vai baixando, quando encontra com o topo da chama, o que que acontece? A vela consegue escurecer o vidro todinho, faz ele ficar preto”, diz Jalmirez explicando a técnica artesanal.

O eclipse solar parcial ocorre quando apenas uma parte do Sol é encoberta pela Lua. Nas regiões de penumbra, o eclipse é chamado de parcial e a Lua cobre apenas parte do Sol.

Os próximos eclipses solares completos serão na Antártica (dezembro de 2021), Indonésia e Austrália (abril de 2023), EUA e Canadá (abril de 2024), sul da Europa e Groenlândia (agosto de 2026), e na maior parte do Norte da África e Oriente Médio (agosto de 2027).

No Chile, o eclipse será total e o dia vai virar noite. Já no Brasil, o eclipse parcial solar pôde ser registrado em partes das regiões Sul e Sudeste. No Rio Grande do Sul, cerca de 60% do disco do Sol esteve encoberto pela Lua. No Paraná, aproximadamente 50% e em São Paulo e Rio de Janeiro, em torno dos 40%.

Serra News

Serra News

O melhor portal de notícias da Região Serrana do Rio de Janeiro.