Itaperuna registra 16ª morte por Covid-19 e ultrapassa 750 casos confirmados

Itaperuna

Se alguém ainda questiona a relação entre o relaxamento do isolamento social e o aumento de infectados pelo coronavírus, Itaperuna é mais uma prova contundente. Principal cidade do Noroeste Fluminense, Itaperuna quase igualou, apenas nos últimos dois dias, todos os novos casos de covid-19 registrados na semana anterior, até então a pior semana no município desde o início da pandemia por grande margem.

Entre terça-feira e esta quarta (24/06) foram confirmados 72 novos casos, entre eles a 16ª morte de paciente diagnosticado com Covid-19. São, ao todo, 757 casos confirmados, sendo que 314 pessoas estão recuperadas, deixando o município com 427 casos confirmados ainda ativos (dos quais 13 pacientes seguem internados e os demais – 414 – em isolamento domiciliar). Ainda segundo o boletim epidemiológico, 1.377 casos foram descartados e 80 seguem em análise laboratorial, entre eles uma morte.

A explosão de itaperunenses infectados acontece duas semanas depois que o prefeito Dr. Vinicius flexibilizou, em 5 de junho, os decretos da quarentena e permitiu a reabertura de uma série de atividades comerciais. Naquele momento, a cidade já enfrentava uma crescimento agudo da curva de contágio do coronavírus. Com o relaxamento progressivo, essa tendência se tornou ainda mais vertiginosa.

No total, 991 casos são monitorados na cidade. Apesar da flexibilização a Prefeitura pede à população que evite sair de casa. O município conta com um Centro de Referenciamento Covid-19 que é destinado a pacientes com coronavírus encaminhados por outras unidades de saúde – UPA e PU. No local não são realizados atendimentos sem um direcionamento médico prévio, com laudo, para a unidade. O centro especializado é exclusivo para os moradores de Itaperuna e distritos e funciona 24h por dia.

Hospital São José do Avaí, em Itaperuna, suspende procedimentos do SUS

Serra News

Serra News

O melhor portal de notícias da Região Serrana do Rio de Janeiro.