RJ cancelará cirurgias eletivas e férias dos servidores da Saúde

RJ cancelará cirurgias em hospitais públicos e férias dos servidores da saúde

A Secretaria Estadual de Saúde do Rio de Janeiro informou que vai suspender procedimentos cirúrgicos eletivos nos hospitais gerais públicos e universitários devido a pandemia do novo coronavírus.

A medida, que será publicada em decreto na segunda-feira (16/03) e adotada por tempo indeterminado, foi tomada para bloquear leitos para tratar pacientes infectados pelo novo coronavírus.

As exceções, segundo o secretário de Saúde, Edmar Santos, são as cirurgias de urgência e emergência.

Em um segundo decreto, o governo suspenderá as férias de todos os servidores da rede pública de Saúde do estado, para maior enfrentamento da pandemia do novo coronavírus.

O terceiro decreto restringirá as visitas a uma pessoa por pacientes nas enfermarias, em dias alternados com horário ampliado. A visitação a pacientes internados com diagnóstico de coronavírus seguem proibidas, exceto em casos específicos previstos em lei.

Na Itália, o número de mortos saltou 25% em um dia e chega a 1.809. País registrou 368 novas mortes neste domingo (15/03). O número de casos positivos aumentou para 24.747, com 3.590 novos casos.

Fonte: O Globo

Veja também: