Placas sobre pontos turísticos de Cantagalo são alvo de vandalismo

Placas sobre pontos turísticos de Cantagalo são vandalisadas na Praça João XXIII

As placas sobre os pontos turísticos de Cantagalo, na Região Serrana, expostas desde junho de 2017 na Praça João XXIII, no belo jardim da cidade, vem ao longo do tempo sofrendo vandalismos. Várias placas se encontram quebradas e, inclusive, uma já foi retirada.

O último ataque ao patrimônio da cidade, foi exposto pelo idealizador do projeto Matheus Ladeira, nesta segunda-feira (13/01). A foto mostra a placa sobre o Santuário do Santíssimo Sacramento parcialmente destruída, possivelmente por uma pedrada.

A exposição trouxe ao cantagalense e aos turistas, placas informativas que foram sinalizadas no interior da Praça João XXIII, com fotos, ilustrações e textos contando um pouco mais da história cantagalense.

O ponto chave do projeto foi a tecnologia. Pois todos podem ter acesso à história da cidade através de um “QR CODE”, fixado em cada placa, que redireciona a respectiva parte da versão digital do livro “Cantagalo em Traços”, permitindo, assim, que cada um faça seu próprio roteiro turístico dentro do projeto.

Segundo Matheus, o projeto veio com intuito de agregar para Cantagalo. “O projeto Cantagalo em Traços foi desenvolvido com o intuito de somar para a cidade e enaltecer nossa história e pontos turísticos. O projeto foi uma parceria do comércio local e Prefeitura.”

Placas do Cantagalo em Traços sofrem vandalismo

Lamentavelmente, várias placas já foram denegridas por vândalos que circulam no jardim. Mas além dessa placa, outras placas sobre pontos turísticos de Cantagalo foram alvos de vandalismo: como da Câmara Municipal, do Fórum, da Capela de Santa Rita da Floresta, entre outras.