Educação de São Fidélis analisa adesão às Escolas Cívico-Militares

Educação de São Fidélis analisa adesão às Escolas Cívico-Militares

A Secretária Municipal de Educação de São Fidélis, Profª Lia Márcia, adiantou que vai iniciar consultas e debates com auxiliares e lideranças da comunidade a respeito da adesão ao projeto lançado pelo Governo Federal sobre a criação das Escolas Cívico-Militares.

A secretária afirmou que essa análise terá que levar em conta a posição do Governo do Estado do Rio de Janeiro, com relação a detalhes desse projeto como, por exemplo, quais recursos serão destinados e se a implantação dessas escolas em São Fidélis se dará através da adaptação de uma unidade já existente ou a ser construída.

Como o prazo de início do projeto foi fixado pelo Ministério da Educação para o próximo ano, as decisões dos Estados e municípios de aderirem ou não deverá ser tomada ainda este ano.

Leia também: Escola Militar poderá ser implantada em Carmo

Segundo o projeto “Escolas Cívico-Militares”, as Secretarias de Educação vão gerenciar programas nos campos didático-pedagógicos e de gestão educacional semelhantes aos dos colégios militares – comprovadamente eficientes em relação a desempenho, valores cívicos, de cidadania e capacitação profissional.

O foco é propor e desenvolver um modelo de escola de alto nível nos ensinos fundamental 2 e médio das instituições que solicitarem o programa, resgatando a disciplina e a organização, principalmente nas escolas públicas de maior vulnerabilidade social

“Nós entramos com os recursos humanos, ou seja, com pessoas que vão ajudar na organização. A proposta é que possamos ajudar para que o professor tenha tranquilidade e tempo disponível para montar sua aula. O professor vai poder se preocupar apenas em dar aula, com a metodologia, e o militar com a disciplina, da ordem, do civismo”, explica a subsecretária.

Folha da Cidade SF

Serra News

Serra News

O melhor portal de notícias da Região Serrana do Rio de Janeiro.