Escola Militar poderá ser implantada em Carmo

Carmo RJ poderá ter escola militar

Para participar do Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares, os Estados e o Distrito Federal têm até o dia 27 de novembro para indicar duas escolas. Cinquenta e quatro instituições serão selecionadas.

Em reunião com Pedro Fernandes, Secretário de Estado de Educação (SEEDUC), em Nova Friburgo, o prefeito municipal do Carmo, Paulo César Ladeira recebeu a necessidade de construção de escolas militares no interior do estado.

O prefeito indicou dois lugares que servem como ponto. Já foi assinado o termo de intenção e nas próximas semanas terá momentos importantes.

Para o Ministério da Educação (MEC), para ingressar no modelo cívico-militar, deverá consultar a população e a comunidade escolar antes de realizar a mudança.

Desde o início, o secretário do estado não mediu esforços para liberar a unidade educacional por entender não só dá localização do Carmo, mas também da disponibilidade da secretaria de educação junto com a prefeitura. E ainda garantiu que será cumprido todos a exigências e tudo o que é solicitado para a realização do programa.

A implantação do modelo cívico-militar deve acontecer de preferência, em regiões que apresentam baixos índices no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, segundo o governo federal.

Cada escola que ingressar no modelo deverá receber R$ 1 milhão, que será destinado ao pagamento dos militares que estarão atuando no local, melhoria da infraestrutura e materiais escolares.

Outras notícias de Carmo!

Veja também: