O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

CPI investiga fraudes nos contratos do Fundo de Previdência de São Fidélis

A CPI do Fundo de Previdência de São Fidélis (RJ), que investiga supostas irregularidades em contratos, convocou para depor a 1ª dama do município, Lia Márcia Alcântara, além do filho e da nora do prefeito Amarildo Alcântara, Yan e Thais, respectivamente.

O depoimento deve acontecer nesta semana. A convocação aconteceu após oitiva da antiga diretoria do Fundo Municipal de Previdência de São Fidélis. A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) é uma forma usada pelo Poder Legislativo de exercer sua atividade fiscalizadora.

No início de janeiro, foi acatado o pedido da CPI pela quebra do sigilo bancário das contas do Fundo Municipal de Previdência. Já em novembro, a Polícia Civil cumpriu mandados de busca e apreensão na sede do órgão.

O vereador Rodrigo Santana, integrante da CPI, falou em vídeo divulgado nas redes sociais, sobre algumas inconsistências nas contas do Fundo Municipal de Previdência. Além de Rodrigo, compõem a CPI os vereadores Erick Lopes – Presidente e Marcelo Rodrigues – relator.

Fundo de Previdência de São Fidélis é alvo de investigação e apreensão

Empresas apoiam a informação de qualidade

Veja também
error: Content is protected !!