O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

Operação desmobiliza extração ilegal de ouro entre Cambuci e São Fidélis

A Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade (Seas) e o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) realizaram, na terça (28) e quarta-feira (29), uma operação para desmobilizar a exploração ilegal de ouro no Rio Paraíba do Sul, entre Cambuci e São Fidélis, e no Rio Muriaé, em Laje de Muriaé.

Através da Superintendência de Combate aos Crimes Ambientais (SUPPCCA), o Inea ateou fogo em três balsas exploradoras nos municípios do Norte e Noroeste Fluminense para a inutilização dos equipamentos, medida prevista no artigo 111 do Decreto 6514/2008.

A operação contra a mineração ilegal surgiu a partir de denúncias feitas às superintendências regionais do Inea. Além das balsas, utilizadas para a extração de ouro, os agentes encontraram indícios de utilização recente dos equipamentos, como roupas, compressor de ar em condições de uso e mangote para alimentar mergulhadores. Todas as estruturas foram desmobilizadas pela secretaria, e, em ambos os locais, não foram encontrados os responsáveis.

Segundo os órgãos ambientais estaduais, o registro de toda a ação será realizado na Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente para posterior apuração por meio de inquérito policial. Denúncias de crimes ambientais em todo o estado do Rio de Janeiro podem ser feitas ao Linha Verde por meio dos telefones 0300 253 1177 (interior, custo de ligação local), 2253-1177 (capital), no aplicativo “Disque Denúncia Rio”.

Empresas apoiam a informação de qualidade

Veja também
error: Content is protected !!