O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

Fim do túnel de árvores sobre a RJ-116 gera revolta em Cordeiro

O túnel de árvores que cobria um trecho da rodovia RJ-116, na altura de Cordeiro, na Região Serrana do Rio, e havia virado atrativo turístico da região, foi desfeito após poda drástica realizada pela Concessionária Rota 116. O corredor de sansão do campo foi cortado na segunda-feira, 20/03, e ainda na terça-feira (21), funcionários continuavam a podar as árvores.

Uma placa no local informa que o túnel de árvores estava mantido devido uma liminar judicial – o que não procede com a realidade mostrada ao vivo no local. O túnel de árvores sobre a RJ-116 foi cortado e passa a não mais existir. Uma ação judicial transcorria na Justiça impedindo o corte por parte da concessionária. O Serra News não teve acesso a íntegra desse processo.

Túnel de árvores

O túnel de árvores formado sobre o trecho da rodovia, havia virado um grande atrativo turístico de Cordeiro, cenário de dezenas de fotos e registros pelas redes sociais. Um verdadeiro corredor de árvores, que encantava quem passava pela RJ-116. O trecho virou, então, um atrativo turístico e um dos pontos mais fotografados da região.

Nota oficial

O portal Serra News fez contato com a Concessionária Rota 116 na manhã de terça-feira (21/03), solicitando uma nota oficial sobre o fato. Em resposta às 14:15h, foi encaminhada a seguinte nota; segue na íntegra abaixo:

Rota 116

“Com relação ao serviço de poda e conservação do trecho do quilômetro 126, no município de Cordeiro, a Concessionária Rota 116 esclarece que se trata de um trabalho necessário e que se executa em todo o trecho concedido, obedecendo normas de segurança viária e de preservação do meio-ambiente. O local em questão não teve supressão de espécies, apenas poda de segurança. O trecho registra um grande número de ocorrências ocasionadas pela queda de galhos de vegetação na rodovia. Tais ocorrências se intensificam ainda mais em períodos de chuva.

A arborização inadequada do trecho fazia com que veículos de transporte dentro dos padrões exigidos pelo Código Nacional de Trânsito para circulação em rodovias, atingissem os galhos e os derrubassem na pista de circulação, causando não só obstrução do trecho, como em alguns casos, acidentes vitimando usuários. Há de se destacar que as normas nacionais de circulação em rodovias preveem altura mínima de obstáculos de cinco metros e cinquenta centímetros. No trecho em questão a altura estava em quatro metros e em dias de chuva, chegava a menos de três metros de altura.

A Rota 116 realiza inúmeras ações, fora de suas obrigações contratuais, visando a preservação e conservação do meio ambiente, com destaque para o plantio de milhares de espécies de árvores nativas da mata atlântica em diferentes trechos que estão sob sua área de concessão além de, por exemplo, apoiar e patrocinar o Programa SOS Vida Silvestre que recolhe e trata animais silvestre vítimas de acidentes de trânsito, além de ações mitigatórias, evitando novos acidentes e ajudando a salvar vida silvestre e conservando a fauna e flora local.

Quanto a liminar que nos impedia essa foi revogada pela Magistrada Titular da Comarca de Cordeiro e as placas que haviam no local foram retiradas ainda nesta manhã.”

Prefeitura

Em abertura para manifestação da Prefeitura de Cordeiro, sua assessoria informou a Prefeitura não tem a ver com o corte das árvores e a rodovia é de responsabilidade da Concessionária Rota 116 e Governo do Estado. Informou, ainda, que a administração é da Rota 116 e o terreno particular.

Defesa

A redação aguarda também a íntegra do processo judicial.

Atualizada: 21/03/2023, às 16:44h.

Veja também
error: Content is protected !!