O portal de notícias que mais cresce na serra carioca.

Família Lopes detém maior número de mandatos consecutivos no interior do Estado

No dia 31 de janeiro de 2023 completou 40 anos ininterruptos que a família Lopes tem uma cadeira cativa na Câmara Municipal de Santa Maria Madalena. Isso é um marco inédito na política do interior do Estado do Rio de Janeiro.

Essa história teve início em 31 de janeiro de 1983 com a posse de Paulo Lopes como vereador Santa Maria Madalena, na Região Serrana. Àquela legislatura de 6 anos teve início em 31 de janeiro de 1983 e findou em 31 de dezembro de 1988.

Já em 1⁰ de janeiro de 1989 foi a vez do irmão de Paulo, Nestor Lopes, ser empossado no cargo de vereador para o seu primeiro mandato no Poder Legislativo, que foi até 31 de dezembro de 1992.

Nestor Lopes voltou a ser empossado como vereador por outras cinco vezes, sendo que a posse para o seu segundo mandato ocorreu em 1⁰ de janeiro de 1993 e o término foi em 31 de dezembro de 1996. Para o 3⁰ mandato a posse foi em 1⁰ de janeiro de 1997 e a conclusão em 31 de dezembro de 2000, enquanto que para o quarto mandato a posse de Nestor Lopes foi em 1⁰ de janeiro de 2001 e o encerramento em 31 de dezembro de 2004. Para o 5⁰ mandato a posse de Nestor foi em 1⁰ de janeiro de 2005 e término em 31 de dezembro de 2008.

Em 1⁰ de janeiro de 2009 foi a vez da irmã caçula de Paulo e Nestor, Erineti Lopes, assumir uma cadeira na Câmara Municipal de Santa Maria Madalena, cujo mandato foi até 31 de dezembro de 2012. O segundo mandato de Erineti foi na legislatura que teve início em 1⁰ de janeiro de 2013 e conclusão em 31 de dezembro de 2016.

O quarto membro dos Lopes a assumir uma cadeira no Legislativo Madalenense foi Plínio, filho caçula de Nestor Lopes, que exerceu o mandato no período de 1⁰ de janeiro de 2017 a 31 de dezembro de 2020.

A partir de 1⁰ de janeiro de 2021, Nestor Lopes, voltou a ser empossado como vereador de Santa Maria Madalena, estando atualmente no seu 6⁰ mandato. Além de atuante vereador, Nestor é advogado e grande comunicador do portal Serra News.

Nas 10 eleições consecutivas a soma de votos obtidos pelos Lopes chega ao total de 3.023 votos, o que corresponde a uma média de 300 votos por eleição.

Nesses 40 anos os Lopes exerceram todos os cargos na Mesa Diretora da Câmara Municipal. Paulo os cargos de presidente e 1⁰ secretário, Nestor os cargos de presidente, vice-presidente, 1⁰ e 2⁰ secretário, Erinete o de 1⁰ Secretário e Plínio, também o de 1⁰ Secretário.

Nestor Lopes exerceu também diversos cargos junto ao Poder Executivo, sendo eles: o de Secretário de Assistência e Promoção Social, o Secretário de Planejamento e Coordenação, o de Secretário de Educação, Esporte e Cultura, o de Chefe de Gabinete do Prefeito e ainda o de vice-prefeito, para cujo cargo foi eleito nas eleições de 2012, tendo ficado afastado do cargo por um período em razão de problemas com o registro da sua candidatura junto à Justiça Eleitoral.

Com uma biografia de tamanha expressão é de se reconhecer que a família Lopes tem uma performance na política madalenense impressionante, pois não é tarefa fácil sobreviver ao julgamento popular por tantos anos consecutivos, o que, consequentemente leva ao entendimento de que apesar dos pesares que possam permear a história política dessa família é inegável que a mesma trabalha para merecer por tantos anos consecutivos a confiança dos eleitores de Santa Maria Madalena.

Veja também